menu
Topo

Moda

Sem cara de roupa de trabalho: como usar saia lápis para valorizar o corpo

Jessica Arruda

Colaboração para o UOL

05/01/2018 04h00

A velha saia de secretária, com suas linhas retas e imagem séria, reapareceu em desfiles internacionais com uma sensualidade velada e atual. Conhecida como saia lápis, a peça deixou o ambiente corporativo e ganhou as ruas com tecidos mais leves, cortes assimétricos e até sobreposições.      

As releituras desse clássico tiraram o ar formal da saia, deixando-a mais moderna e sexy também para o dia a dia. Elegante, a peça ajustada ao corpo até a altura dos joelhos ganhou versões despojadas, em combinações que vão além da camisa social e dos escarpins.

Veja também:

Aposte em tecidos diferentes 

Para deixar a peça mais descolada, sem aquela cara corporativa, a dica é escolher um tecido menos encorpado para fugir do tradicional. Bases mais leves como malha, seda, cetim e até mesmo renda já conseguem deixar este modelo com uma pegada streetwear. 

Na estamparia, florais e étnicos combinados com sandálias, mocassim e tênis branco deixam a saia mais versátil. Na parte de cima, tops com mais volume e cores chamativas rendem conjuntos para todas as ocasiões. “Combinar com peças casuais, como camisetas de malhas podrinhas ou com frases divertidas ou camisas jeans também tira a formalidade da peça”, diz a consultora de estilo Aysha Corrêa.

Para quem gosta de tendências, a aposta é a saia rendada -- principalmente se usada por cima de hot pants ou shorts curtos. “As mulheres que amam ousar podem eleger regatas ou cropped estampados, de cores vivas ou lisas, combinando o top com as estampas da saia”, completa a consultora de imagem Joandele Barcelos.

Use para valorizar o corpo

Mesmo justa ao corpo, a saia lápis consegue equilibrar a silhueta, destacando as curvas (ou a falta delas). O modelo de tecidos escuros e estampas de listras na vertical tende a diminuir visivelmente o quadril -- efeito desejado para mulheres com corpo ampulheta.

Para quem tem poucas curvas, a dica é usar um cinto ou amarração para destacar a cintura. Mulheres com volume na barriga ou bumbum podem usar anáguas para que a peça não fique muito justa ao corpo.

Outro truque são os modeladores, que deixam tudo no lugar e evitam que a calcinha fique marcando. “Para qualquer tipo físico é importante que a saia tenha um pouco de elastano na composição, para facilitar os movimentos e ter o caimento certo, evitando sobras de tecido na região do bumbum e da barriga”, explica Aysha.  

Em qual investir?

Por ser atemporal, a saia lápis é um curinga no guarda-roupa feminino. Para acertar na escolha, é preciso apostar em tons neutros como preto, cinza e off-white, ou estampas clássicas, como listras e florais de fundo escuro.

“Opte por tecidos leves e modelos com fendas na parte de trás ou na lateral para facilitar a mobilidade”, diz Joandele. E, quando for experimentar na loja, movimente-se bastante no provador para ter certeza de que não vai mostrar demais em atividades simples, como cruzar as pernas, descer do carro ou subir no ônibus”.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!