Casa e decoração

Veja como adaptar a casa para melhorar a qualidade de vida dos idosos

Getty Images
Imagem: Getty Images

Marcelo Testoni

Colaboração para o UOL

02/01/2018 04h00

Quando se tem mais de 60 ano, tarefas básicas do dia a dia como cozinhar ou mesmo tomar banho, tornam-se mais difíceis. Vulnerável na própria casa, o idoso precisa de adaptações especiais em seu espaço, para se sentir mais seguro, confortável e independente.

Saiba como melhorar a qualidade de vida das pessoas mais velhas da família com essas reformulações na casa:

Iluminação

Para facilitar a visualização dos móveis, objetos e piso, todos os cômodos precisam estar equipados com cortinas de cores claras e lâmpadas fluorescentes, que proporcionam uma iluminação mais nítida. É aconselhável também instalar interruptores com botões iluminados nas cabeceiras da cama e do sofá, para facilitar o acesso ao querer se levantar. Ter uma lâmpada LED com sensor de presença nos corredores evita ter de apalpar as paredes no escuro.

Janelas e sacadas

Em apartamentos ou sobrados, elas precisam de telas de proteção, a fim de se evitar quedas por falta de equilíbrio. Se o idoso sofrer de Alzheimer (doença associada à demência e perda dos sentidos), para impedir que ele pule para fora ou se incline demais sobre o parapeito a ponto de se colocar em perigo, instale travas e fechaduras de segurança deslizantes, que são mais difíceis de abrir e de perceber.

Eletrodomésticos

Na sala e no quarto é mais adequado instalar a TV na parede, na linha de visão do idoso quando sentado, para evitar acidentes em caso de ele querer regulá-la ou tropeçar. Já na cozinha, os aparelhos precisam ser práticos e inofensivos. Evite microondas com muitas funções, coifa com painel digital e cooktop – este último esquenta demais sem que se perceba e pode provocar queimaduras. Se mantiver o fogão a gás, lembre-se de fechar o registro toda vez que usá-lo e mantenha a tampa de cima sempre aberta para que uma boca esquecida acesa não a estoure.

Veja também:

Móveis

Na decoração prefira mesas, cômodas e bancadas com cantos arredondados para evitar arranhões ou machucados em caso de batida. Se não for possível, busque proteger as quinas com amortecedores e cantoneiras de silicone ou plástico. Espelhos e vidros em áreas de circulação merecem o mesmo cuidado. Quanto às alturas, sofá, cadeiras e cama não podem ser muito altos, pois precisam facilitar o apoio dos pés no chão, simplificando o sentar e levantar.

Torneiras

Em vez de registros redondos, de girar, prefira os modelos que funcionam como maçaneta, que não demandam tanta força física para manusear. Para driblar a perda de memória e os alagamentos despercebidos, torneiras automáticas são bem-vindas, pois liberam jatos de água com apenas um toque de mão e interrompem o fluxo após um tempo programado, que é de apenas alguns segundos.

Portas e gavetas

Com puxadores em forma de alça, facilitam o abrir e evitam grandes esforços. Dentro dos armários e gabinetes de pias, uma boa dica é instalar prateleiras giratórias para guardar itens usados com frequência. Nos quartos e banheiro, prefira ter guarda-roupas e box com portas amplas e deslizantes. Nos lugares altos, guarde apenas pertences de pouco uso, para evitar o difícil acesso e o perigo de cair algum objeto que machuque.

Tapetes

Os modelos compridos, felpudos e com pontas devem ser evitados, pois aumentam as chances de tropeços e restringem a mobilidade. Se for mantê-los, prenda-os no chão com fita dupla-face. Como alternativa, instale placas emborrachadas e passadeiras, que se aderem ao piso e podem ser aplicadas até em banheiros e cozinha. Em todos os casos, evite apenas os modelos estampados, que dificultam à procura de pequenos itens que possam cair no chão.

Revestimentos

Dê prioridade aos de cores claras, para ajudar a visão fraca, e fuja dos acabamentos lisos e escorregadios, para prevenir tombos. Antiderrapante, o piso vinílico pode ser uma boa opção para áreas molhadas, como cozinha, banheiro e lavandeira, pois tem linhas com superfície texturizada e pode ser instalado com cola. No banheiro, o desnível entre o piso do box e do restante do espaço não deve ser muito grande, o indicado é de, no máximo, 1,5 cm.

Escadas e corredores

Instale corrimões e suporte de barras de apoio dos dois lados e por todo o comprimento. As barras também são bem-vindas ao lado do vaso sanitário e dentro do box, para dar sustentação aos braços do idoso ao se agachar. O ideal é que sejam de plástico ou madeira envernizada, pois o metal, além de gelar as mãos, é duro e pode provocar lesões em caso de escorregões.

Quintal e jardim

Nas áreas externas, a locomoção deve ser facilitada. A recomendação é evitar degraus, vasos com plantas que exigem poda frequente e pisos lisos ou com desníveis muito íngremes para o escorrimento da chuva. Nesses locais, o calçamento com pedras porosas é o mais indicado, e qualquer tipo de objeto largo e alto que possa bloquear o campo de visão ou a passagem deve ficar rente às paredes, para não servir de obstáculo. Ressalta-se ainda a importância de o espaço ser coberto, pois assim ele se mantém seco e seguro em dias chuvosos.

Fontes: ABRAz (Associação Brasileira de Alzheimer); Cartilha de Acessibilidade Ambiental, de Maria Luísa G. Emmel Luiza Oliva Paganelli; e arquitetos Gustavo Costa e Andrya Kohlmann.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Da Universa
Da Universa
Blog Casa de Viver
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Blog Casa de Viver
Blog Casa de Viver
Blog Casa de Viver
Da Universa
Da Universa
Blog Casa de Viver
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo