menu
Topo

Universa

As mulheres que vão dar o que falar em 2018

Getty Images
Imagem: Getty Images

do UOL, em São Paulo

01/01/2018 04h00

O ano acaba de começar e já é hora de prever alguns acontecimentos que prometem roubar a cena. De casamentos a nascimentos, passando pelas eleições, o que não faltam são mulheres de destaque para fazer e acontecer em 2018. Aqui, reunimos alguns dos principais nomes:

Meghan Markle

Casamento real é sempre um evento inesquecível! E a americana que fisgou o coração do príncipe Harry será, sem dúvida, a noiva do ano. A atriz divorciada, feminista, filha de mãe negra e três anos mais velha que o rapaz -- ela tem 36 e ele, 33 – dirá o tão aguardado “sim” na capela do Castelo de Windsor, a residência favorita da rainha Elizabeth II, no dia 19 de maio. A imprensa do mundo inteiro estará de olho no enlace, que acontece sete anos após a boda de William e Kate Middleton e promete quebrar paradigmas na realeza.

Kate Middleton

Getty Images
Imagem: Getty Images
Entre os nascimentos mais esperados de 2018 está o do terceiro herdeiro de Kate Middleton, fruto do relacionamento “real” com o Príncipe William. Rumores dão conta de que vem por aí uma menininha, que se juntará aos pequenos George, 4, e Charlotte, 2. O nascimento está previsto para o mês de abril, um mês antes do casamento do cunhado Harry com Meghan Markle. Não há dúvidas de que todos os flashes estarão direcionados a ela e ao caçula no dia da cerimônia.

Ivete Sangalo

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Se 2017 foi o ano dos gêmeos de Beyoncé virem ao mundo, em 2018, é a vez da cantora brasileira povoar o mundo com duas menininhas. As pequenas são frutos do relacionamento de Ivete com o marido Daniel Cady. O casal está junto desde 2008 e já tem um filho, Marcelo, de 8 anos. Os nomes das duas herdeiras ainda não foram definidos, mas devem ser escolhidos pelo irmão. Já o parto deve acontecer em fevereiro, um mês emblemático para uma das rainhas do Carnaval baiano. Apaixonada pela profissão, ela volta aos palcos três meses após dar à luz. Não vai faltar gente de olho na primeira aparição pública!

Meryl Streep, Emma Stone e Jessica Chastain

As denúncias de assédio em Hollywood devem ganhar desdobramentos em 2018, a começar pelo Globo de Ouro. Meryl Streep, Emma Stone e Jessica Chastain planejam um protesto para a premiação do dia 7 de janeiro, em Los Angeles. A ação deve começar já no tapete vermelho, com todas vestindo preto. As três estão entre os principais indicados da noite. Por isso, a expectativa quanto a discursos inflamados é alta. Streep e Chastain concorrem ao prêmio de “melhor atriz de filme dramático”, a primeira por “the Post: A Guerra Secretta” e a segunda por “A Grande Jogada”. Já Stone está na disputa de “melhor atriz de filme – comédia ou musical” por “A Guerra dos Sexos”.

Kim, Kylie e Khloé

Getty Images
Imagem: Getty Images
O clã Kardashian não se cansa de dar manchete. E, para 2018, seus membros não prometem nada menos que um baby boom. Kim está à espera de uma menininha, gerada por uma barriga de aluguel. Ela se juntará aos irmãos Norte, 4, e Saint, 1, frutos do casamento com o rapper Kanye West. Na fila está também Khloé. Ela e o jogador de basquete Tristan Thompson aguardam ansiosamente o nascimento do primeiro filho. O anúncio da sua gravidez foi feito dias depois de boatos apontarem para uma suposta gravidez da caçula Kylie Jenner. Apesar de nenhuma confirmação ter sido feita pela família, algumas fotos de paparazzi dão conta de que ela está, sim, à espera de um bebê. Torcida dos fãs não falta!

Debora Diniz

Depois de encaminhar ao STF um pedido de interrupção de gravidez da estudante Rebeca, a antropóloga, professora de Direito e pesquisadora do Anis – Instituto de Bioética Debora Diniz deve ampliar ainda mais sua luta pela descriminalização do aborto no país. O momento é oportuno, já que a votação da PEC 181/15, que endurece as regras de aborto, proibindo inclusive em casos legais, foi adiada para 2018. O texto defende que o direito à vida seja respeitado desde o momento em que ocorre a fecundação. Se aprovado, ele fere direitos já conquistados pelas mulheres.

Bruna Marquezine e Marina Ruy Barbosa

TV Globo/Divulgação
Virgilio (Ricardo Pereira), Amália (Marina Ruy Barbosa), Catarina (Bruna Marquezine) e Constantino (José Fidalgo) Imagem: TV Globo/Divulgação
Com a expectativa de se tornar o “Game of Thrones” brasileiro, a novela medieval “Deus Salve o Rei”, que estreia em janeiro, promete colocar os nomes de Bruna e Marina no centro dos burburinhos. As duas, que se conheceram na infância e se tornaram grandes figuras dos folhetins e das publicidades, vão dividir o protagonismo da nova trama das 19h. Enquanto a morena viverá a princesa vilã Catarina, a ruiva será a plebeia Amália.

Manuela D’Ávila

Na corrida presidencial, a atual deputada estadual do Rio Grande do Sul Manuela D’Ávila foi a primeira mulher a oficializar sua candidatura pelo PCdoB, para as eleições de 2018.  Ela será a segunda mulher a se candidatar à presidência em 95 anos de partido. Em sua campanha, pretende falar sobre feminismo, além de propor maneiras de combater os números de violência no país e o desemprego.

Camila Queiroz

Reprodução/Instagram/klebbertoledo
Imagem: Reprodução/Instagram/klebbertoledo
Quem também subirá ao altar é a atriz Camila Queiroz. Ela e o ator Klebber Toledo vão oficializar a união de pouco mais de um ano iniciada nos bastidores da novela "Êta Mundo Bom". A cerimônia vai acontecer em Jericoacoara, no Ceará. Sobre o tão esperado look da noiva, o que se sabe até o momento é que o vestido será feito pela estilista Lethicia Bronstein.

IZA

Bruno Santos/Folhapress
Imagem: Bruno Santos/Folhapress
Depois de estampar uma série de capas de revistas em 2017, a cantora promete estampar a capa de seu disco de estreia em 2018. Voz por trás do hit "Pesadão", cujo clipe já soma 37 milhões de visualizações no Youtube, a carioca de 26 anos, que já foi apelidada de Rihanna brasileira, tem 13 novas músicas gravadas, prontinhas para sair do forno.

Mais Universa