menu
Topo

Universa

Corte de cabelo termina em cadeia nos EUA

Divulgação/Departamento de polícia de Madison
Cabeleireiro foi preso e teve ataque de fúria e passou 'a zero' em cabelo de cliente Imagem: Divulgação/Departamento de polícia de Madison

Do UOL, em São Paulo

30/12/2017 13h42

Um corte de cabelo, no mínimo desastroso, terminou em cadeia no estado de Wisconsin (EUA).

Na última sexta (22), um homem de 22 anos não identificado teve parte do cabelo raspado e uma orelha machucada após um desentendimento com o cabeleireiro Khaled A. Shabini, 46.

De acordo com a polícia local, o cliente pediu ao barbeiro para passar a máquina dois nas laterais e cortar a parte de cima à tesoura. A intenção era renovar o corte para celebrar o Natal em família.

Khaled, porém, começou a reclamar de que o freguês balançava muito a cabeça. Irritado, pegou a máquina zero e abriu um verdadeiro ‘vão’ no cabelo do cliente, também ferindo parte das orelhas. Segundo o relato da polícia, o profissional gritou: “Você queria uma máquina zero, não queria?”

Divulgação/Departamento de Polícia da cidade de Madison
Corte foi comparado com personagem da série "Os três patetas" Imagem: Divulgação/Departamento de Polícia da cidade de Madison

Resultado: o barbeiro foi preso de forma temporária por suspeita de má conduta durante posse de arma.

O departamento de polícia da cidade de Madison, onde fica a barbearia, reconheceu que “cortar muito mal o cabelo de uma pessoa” não configura crime, mas que a prisão seria feita devido aos ferimentos nas orelhas.

O relatório da ocorrência afirmou que o cliente ficou semelhante a Larry Fine, um dos personagens da série "Os Três Patetas". 

Na quarta (27), Khaled foi declarado inocente e liberado pela Justiça do estado, informa a imprensa local.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa