menu
Topo

Universa

Homens bêbados tendem a objetificar mais as mulheres, diz pesquisa

Getty Images
Imagem: Getty Images

do UOL

26/12/2017 13h14

Mulheres sofrem assédio em todo tipo de espaço -- do ônibus ao trabalho --, como as denúncias desse ano já deixaram claro. Mas um estudo da Universidade de Nebraska-Lincoln publicado na última semana mostrou que festas podem ser um ambiente mais propício ainda.

Através de testes quee monitoram o movimento dos olhos, os pesquisadores notaram que homens alcoolizados tentem a passar menos tempo olhando para o rosto das mulheres e mais para as partes "sexuais" de seus corpos.

Veja mais

Estudo pode ajudar a prevenir assédio sexual

Foram 49 participantes entre 21 e 27 anos. De maneira aleatória, alguns deles receberam bebidas alcoólicas e outros não, então eles tiveram de olhar fotos de 80 mulheres jovens, enquanto seu movimento visual era rastreado.

Antes do teste, as fotos foram analisadas por 300 pessoas que as categorizaram como parecendo muito, médio ou pouco atrativas, acolhedoras e competentes.

Com base nisso, os pesquisadores levantaram que quando as mulheres não pareciam amigáveis ou inteligentes, maior era a tendência dos homens bêbados olharem somente para seu corpo. "Homens bêbados tinham menor tendência em objetificar as mulheres que percebiam como acolhedoras e competentes e aquelas de atratividade média", disse Abbey Rimmer, líder da pesquisa.

O estudo foi feito para testar como a miopia alcoólica (a teoria de que a bebida limita a percepção das pessoas) está relacionada com a objetificação sexual. Para seus autores, ele pode oferecer insights em como prevenir assédio sexual particularmente em situações em que haja bebidas alcoólicas.

 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa