menu
Topo

Mães e filhos

"Nunca me senti tão poderosa": mulher dá à luz no banheiro de sua casa

Reprodução/Facebook
Marissa e seu bebê, nascido em casa, sem assistência médica, por escolha dos pais Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL

22/12/2017 19h41

Depois de sofrer com um parto hospitalar, feito há 3 anos, Marissa Heckel decidiu que sua segunda gestação seria diferente: ela desejava parir em casa, sem ajuda médica. Com o apoio do marido, a americana conseguiu dar à luz seu segundo filho, após 36 horas de trabalho de parto.

Para celebrar o nascimento saudável do bebê, Marissa publicou uma foto do parto em suas redes sociais e logo a imagem viralizou.

"Ficar sem assistência foi uma oportunidade pra provar que Deus fez nossos corpos para parir - hospitais nunca foram o normal. Dei à luz meu filho no meu banheiro depois de um trabalho de parto de 36 horas. O tempo exato que levei no nascimento da minha filha", contou Marissa.

Veja também

Durante o período ativo do trabalho de parto, a americana tentou aliviar as dores com banhos, mas não foi o suficiente. "Escolhi encarar a dor em pé, encostada na parede. Apenas dizia a mim mesma: 'a dor é apenas temporária'".

O companheiro de Marissa também a ajudou nesse perído. "Quando as contrações e a pressão começaram meu marido estava ao lado da cama, segurando minha mão. Na verdade, foi romântico, embora nesse ponto eu praticamente já estivesse rugindo", relatou.

A mulher conta que a bolsa estourou e o líquido amniótico jorrou, em 5 momentos diferentes, por toda sua cama. Mas no período expulsivo do parto, Marissa sentiu que ficar sobre a cama não parecia natural. Com a ajuda do marido, ela se dirigiu ao banheiro quando sentiu vontade de fazer força.

Sentada no banheiro, a americana aproveitava as contrações para ajudar o bebê a nascer. Quando o marido conseguiu ver a cabeça do bebê, incentivou Marissa a continuar fazendo força. "Ele me encorajou a seguir", diz ela.

Marissa optou por se levantar para prosseguir no parto. "Segurei no porta-toalhas e deixei meu corpo dar o último empurrão e ele (bebê) estava finalmente fora. Meu marido ficou parado, em estado de choque, tirando as fotos. Nunca me senti tão poderosa e realizada em toda minha vida. Nossos corpos são realmente incríveis", comemorou a americana.

Com seu relato, ela também quis incentivar outras mães a optarem pelo parto natural. "Se você está com medo ou achando que não consegue fazer isso, (saiba que) você consegue! Não tenha medo, nossos corpos são feitos para isso".

Marissa conta que a placenta também saiu, sem precisar de intervenções, 20 minutos após o parto.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!