menu
Topo

Universa

A semana: o Rock in Rio de Anitta, vacina contra drogas e o futuro de Lula

Adriana Nogueira

Do UOL

17/12/2017 04h00

Os acontecimentos, as pessoas e as iniciativas que fizeram barulho nesta semana, impactando a vida e o olhar das mulheres.

A volta por cima de Anitta

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Depois de ter ficado fora da programação do Rock in Rio 2017 --o que causou uma chiadeira dos seus fãs--, Anitta foi a primeira atração anunciada da edição 2018 do evento, no Rio de Janeiro. A cantora também se apresentará no Rock in Rio Lisboa, no ano que vem.

Reforma da Previdência só depois do Carnaval

A reforma da Previdência só será colocada em votação no plenário da Câmara dos Deputados em 19 de fevereiro, a segunda-feira após o feriado de Carnaval. O presidente da casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou frustração com o adiamento e disse estar convicto de que na data terá "de 320 a 330 votos" a favor da reforma.

Aborto na Colômbia

Débora Diniz
Imagem: Débora Diniz

Com nove semanas de gestação e nenhuma previsão de resposta definitiva do Judiciário brasileiro sobre o pedido que fez para realizar um aborto, Rebeca Mendes Silva tomou uma decisão sem volta: fez o procedimento de interrupção da gravidez de forma legal, na Colômbia. "Eu me sinto muito aliviada de ter seguido por esse rumo. Por estar onde estou agora. Não sinto tristeza, não se sinto angustiada. Eu me sinto aliviada por estar onde estou", falou a estudante de direito para a BBC Brasil.

Vacina contra cocaína e crack

Uma vacina contra a dependência em cocaína e crack teve bons resultados em testes com roedores feitos no Centro de Referência em Drogas da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). A expectativa é de que seres humanos passem pelo experimento entre junho e julho de 2018. A vacina seria uma forma de criar anticorpos que reduzam o efeito do prazer gerado pelo uso de drogas.

Disputa por Jerusalém

Divulgação/Visit Israel
Imagem: Divulgação/Visit Israel

Na quarta-feira (13), líderes muçulmanos reunidos em Istambul pediram que o mundo reconheça Jerusalém Oriental como capital de um Estado palestino, em resposta à decisão americana de reconhecer a cidade como capital de Israel. Eles ainda classificaram de "irresponsável" a decisão do presidente americano Donald Trump, além de servir para alimentar o "terrorismo e o extremismo".
 

Brasil fora do Oscar, de novo

Luiz Maximiano/Warner
Imagem: Luiz Maximiano/Warner

Na quinta-feira (14), a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou a lista de longas-metragens que vão disputar uma indicação na categoria de melhor filme estrangeiro". O Brasil, que concorria com "Bingo: O Rei das Manhãs", do cineasta Daniel Rezende, ficou de fora mais uma vez. Na lista dos indicados estão filmes do Chile, da Alemanha, Hungria, Israel, Líbano, Rússia, Senegal, África do Sul e Suécia.

Lula em 2018

Fátima Meira/FuturaPress/Estadão Conteúdo
Imagem: Fátima Meira/FuturaPress/Estadão Conteúdo

O julgamento em segunda instância do chamado processo do tríplex, que pode determinar a participação do ex-presidente Lula nas eleições de 2018, foi marcado para 24 de janeiro. Segundo a Lei da Ficha Limpa, uma condenação criminal por um órgão colegiado como é o caso do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, onde correm os processos --em segunda instância-- da Operação Lava Jato, torna um candidato inelegível.

Brasil supera ricos em desigualdade

A concentração de renda no topo da pirâmide social é maior no Brasil do que em muitos países ricos, mas ela tem crescido mais aceleradamente na China, na Rússia e na Índia. O dado consta de novo relatório sobre a desigualdade no mundo produzido por um grupo de pesquisadores liderado pelo economista francês Thomas Piketty.

 

Mais Universa