menu
Topo

Universa

Casar virgem e sexo com plateia canina: Gio Ewbank deixa pais em saia justa

Manu Scarpa/BrazilNews
Giovanna Ewbank, Roberto Baldacconi, Débora Ewbank, Gian Lucca Ewbank Imagem: Manu Scarpa/BrazilNews

Do UOL

15/12/2017 14h04

Giovanna Ewbank convidou os seus pais, a estilista Débora Ewbank e o arquiteto Roberto Baldacconi, para participarem de mais uma gravação com a sexóloga Cátia Damasceno. Com 41 anos de relacionamento, o casal contou que não costuma inovar muito nas transas e fez algumas revelações. Logo no início, Gio revelou que sua mãe casou virgem e até hoje só teve um homem em sua vida, no caso, o pai da atriz.

Débora ficou incomodada com a declaração da filha – “Gioh, isso já é um problema, acho que não tem que falar isso”, disse ela, enquanto Bruno Gagliasso, Giovanna e Cátia afirmavam que o fato era “lindo”.

Veja também

“Lindo para todo mundo, menos para mim. Acho uma vergonha. Falei que não era para expor a vida íntima, não vou participar”, rebateu Débora. “Você tem 10 milhões de seguidores que vão saber”, completou a estilista ao ouvir a filha contar novamente sua história.

Roberto preferiu descontrair e entrou na brincadeira. “Amor, já faz tanto tempo essa virgindade, tanto faz falar isso agora [risos]”, disse ele, que ironizou - "comecei a namorar estava de fraldas."

Plateia canina

Outro momento engraçado da gravação foi quando o pai da atriz confessou que não se sente confortável para transar na frente de seus animais de estimação. 

"Transar com cachorro no quarto é igual transar com o filho de olhando." "Desde quando o cachorro atrapalha? Deixa deitadinho lá no chão e acabou", disse Débora com naturalidade. "Ela não gosta nem de colocar um lençol em cima dele. Ele não fala, mas fica olhando, ele sabe o que estou fazendo", rebateu o arquiteto, que teve o apoio de Catia. "Atrapalha a f*."

Vida a dois

Antes, Gio quis saber como os casais podem conciliar a vida sexual com a rotina materna e paterna. A sexóloga explicou que os casais precisam dividir o tempo e desligar. "A gente ainda vive em função dos filhos e agora tem a neta. Não consigo desligar", disse Débora, que ainda mora com o caçula, Gian Lucca.

"Nossa rotina no máximo é dormir em um quarto e depois mudar para outro", respondeu Roberto. A sexóloga aproveitou para dar um gel para o casal e explicou como eles deveriam usar. Bruno não perdeu oportunidade e mandou: “sogro, mas antes toma um azulzinho [referência ao viagra]”. 

Questionado pela filha se tamanho era documento, Roberto foi honesto e afirmou que sim: "É a impressão inicial.”

Sobre o segredo de manter um relacionamento tão longo, o arquiteto foi direto - "Achei minha cara metade e ela a dela." Débora completou, "Paciência..." "Mas a gente não tem nenhuma", respondeu o pai de Gio e Gian Lucca aos risos. Ele ainda lembrou que nunca ofendeu a esposa, enquanto o contrário já ocorreu. "Em 41 anos, nunca xinguei ela de nome nenhum. Ela já me xingou." "Nossa, a Giovanna tinha 1 ano e meio e eu mandei ele tomar no c*... ele ainda lembra", justificou Débora aos risos. 
 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa