menu
Topo

Moda

Atrizes vestirão preto no Globo de Ouro para protestar contra assédios

Getty Images
Reese Witherspoon Imagem: Getty Images

do UOL, em São Paulo

15/12/2017 09h57

O movimento de denúncias contra os assédios sexuais dentro (e fora) de Hollywood que marcou 2017 deve mostrar sua força também em 2018.

Veja também

Mais de 30 atrizes que comparecerão ou apresentarão a cerimônia do Globo de Ouro em 7 de janeiro devem vestir preto como protesto contra os abusos cometidos por figuras como o produtor Harvey Weinstein. A informação foi obtida e divulgada pelo site de celebridades "E! News" e pelo programa de tevê "The Morning Breath".

Apesar de nomes pertencentes a esta lista não terem sido divulgados, há entre as atrizes confirmadas na celebração Reese Witherspoon, Saiorse Ronan e Jessica Chastain, que já falaram publicamente sobre serem sobreviventes de algum tipo de violência sexual na indústria ou se manifestaram contra os casos.

"Todas as atrizes e convidadas ou, pelo menos, a maioria, estão estendendo sua solidariedade uma a outra em forma de protesto. Todas vestirão preto, obviamente, para se manifestar contra as injustiças que estiveram acontecendo em Hollywood desde sempre", disseram as apresentadoras do "The Morning Breath", Jackie e Claudia Oshry. 

As sobreviventes de assédio no cinema e pelo mundo foram eleitas, simbolicamente, como "Personalidades do Ano", pela revista americana "Time".

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!