menu
Topo

Moda

Suzana Gullo prefere roupas nacionais e diz que looks fazem sucesso lá fora

Divulgação
Suzana Gullo na inauguração da loja da grife Manzan, em São Paulo Imagem: Divulgação

Carolina Martins

Colaboração para o UOL

14/12/2017 21h35

Antenada em moda, Suzana Gullo contou ao UOL que não resiste a uma boa compra quando viaja para fora do Brasil, mas, no vestuário, sua preferência é por peças nacionais. “Roupa compro pouca coisa. Compro mais jeans, bolsa e sapato”, revela.  

Entre as grifes prediletas de Suzana estão Paula Raia, Cris Barros e Vanessa Montoro. Ela diz que, sem querer, acaba fazendo sucesso como os looks nacionais que usa no exterior. “São grifes super autênticas, não copiam ninguém e não seguem tendência. São criativas, você não vê isso lá fora. As pessoas ficam loucas. Toda vez que estou em outro país as pessoas me param na rua. Sempre me perguntam que roupa estou usando”, conta.

Suzana participou, em São Paulo, da inauguração da primeira loja da grife da mineira Letícia Manzan. “Eu adoro qualquer trabalho manual. Adorei os bordados, a mistura de jeans com bordado, bordado numa t-shirt podrinha e os cortes do moletom que tem uma estrutura no ombro. Adoro conhecer marcas novas e comprar roupas no nosso país”, revelou.

"O Brasil é tão rico de estilistas e temos tantos nomes escondidinhos por aí. Temos uma criatividade única no Brasil”, disse ela, que considera ter um estilo mais para o moderno do que para o clássico.

Cuidados com a beleza e corpo também são quesitos que Suzana não deixa passar. Ainda mais após o câncer de mama que enfrentou em 2015 -- curado a pouco mais de 1 ano. Apesar de manter os mesmos cuidados de sempre, ela passou a ter uma precaução na hora da compra de alguns materiais.

“Presto mais atenção em produtos livres de química, mais orgânicos. Invisto nisso, apesar da minha alimentação sempre ter sido boa. Nunca comi muita fritura e doces”, contou. Já o descarte de alguns outros produtos foram necessários. “Adoçante cortei da minha vida pra sempre. Tomava muito refrigerante zero”, disse. 

Sobre os novos rumos profissionais do marido, Marcos Mion – o programa “Legendários”, na Record, chegou ao fim -- Suzana diz acompanhar muito pouco esse lado. “Ele brinca que casou comigo por causa disso. Eu sou uma pessoa que não ligo a televisão, não tenho esse hábito. Televisão é uma coisa que me incomoda. Eu assisto o programa dele no dia seguinte, mas não ao vivo, porque durmo cedo".

No entanto, Suzana acredita que 2018 trará boas novas para a família. "Eu sou muito positiva na minha vida. Acho que todas as coisas caminham para algo melhor. Às vezes uma porta fecha para outra abrir, e mil vezes melhor, independentemente de emissora. Eu vivo minha vida por essa ótica”, garantiu. Suzana é casada com Mion há 12 anos. O casal tem três filhos: Romeo, Donatella e Stefano.  

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!