menu
Topo

Universa

8 verdades que as mulheres gostariam que homens soubessem sobre sexo oral

Getty Images
gatinho tomando leite Imagem: Getty Images

Helena Bertho

do UOL

03/12/2017 19h58

Não é novidade que mulheres adoram receber sexo oral e alguns homens têm falhado na tarefa. Tanto que esse ano a cantora Karol Conká lançou um clipe sobre o assunto. Mas mais do que dizer que eles estão falhando, é preciso contar onde estão os erros, né? Algumas mulheres toparam ajudar nessa missão e contam aqui o que gostariam que seus parceiros soubessem sobre o "lalá".

Veja também

1. Antes de tudo, o que é oral

"Gostaria que, antes de tudo, eles soubessem o que é oral", disse Dayane Dias. Afinal, não dá nem para começar a acertar se não tentar, né? Homens, as mulheres querem que vocês se aventurem com a boca.

2. Prazer, esse é o clitóris

"Eu gostaria que soubessem o que é o clitóris", mandou Sefóra Oz e não foi a única. Ao que tudo indica, tem gente que ainda não sabe. Para facilitar: rapazes, o clitóris é a parte mais sensível da vagina e estimula-lo é a melhor forma de dar prazer a uma mulher.

3.  Nada de gatinho tomando leite

"Sexo oral não é só ficar passando a língua igual gatinho bebendo leite", foi a mensagem de Priscila Moraes. Não entendeu? Tente visualizar um gatinho tomando leite e imagine o mesmo movimento na vagina. Cada mulher gosta de um jeito, mas ficar lambendo repetidamente de maneira suave não é a melhor receita para o sucesso.

4. Não seja um furacão

"Não destrua a vagina como se fosse um furacão invadindo uma casa para todos os lados, sem saber o que está lambendo", disse a Ana. Digamos que é preciso algum método para um bom oral e não simplesmente sair lambendo tudo de qualquer jeito. Dica: quando estimula um local, preste atenção na resposta da mulher para ver se gostou.

5. Zona sensível

"É uma zona sensível. Não é chiclete para ficar tentando morder, nem uma pia para desentupir sugando", mandou outra vez a Ana. Mordidinhas leves e chupadas suaves podem até ser legais, mas tudo com muito carinho. De fato, a região toda é sensível e pode doer.

6. Atenção à língua dura

"Não fique com a língua dura, incomoda", disse Thalita Sales. No oral, é mais legal aproveitar a macies da língua, mas com vontade. Tente diferentes movimentos e velocidades, prestando atenção nas reações da mulher.

7. Língua não é pênis

"Língua não é pênis, para ficar enfiando no buraco", disse a Ivone Lima. Afinal, qual é o ponto de fazer sexo oral se o movimento for exatamente o mesmo da penetração, mas com algo bem mais mole e pequeno? O sexo oral é para explorar a vulva, os grandes e pequenos lábios e, principalmente, o clitóris.

8. Sem pressa e sem nojo

"Tem que ser com cuidado, sem pressa e sem nojinho", sábias palavras da Giovanna Gazola. Não tem nada pior que um cara com nojo da vagina, afinal, ela é uma parte do corpo como qualquer outra. E também é horrível quando ele faz o oral só por obrigação, correndo para a penetração. Um oral bem feito, com calma, pode valer por uma boa transa.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa