menu
Topo

Universa

Yasmin Brunet diz não ter vergonha da nudez: "Fui criada em praia nudista"

Reprodução/Instagram
Yasmin Brunet em evento de lingerie em São Paulo Imagem: Reprodução/Instagram

Carol Martins

do UOL, em São Paulo

10/11/2017 10h29

Apesar de ter uma bem-sucedida carreira de modelo — e o DNA de um dos grandes nomes da moda do nosso país, Luiza Brunet — Yasmin Brunet tem momentos em que não se sente bonita.

"Que mulher não acorda um dia e se acha horrorosa? Antes de vir [para cá], eu estava assim", contou em conversa com o UOL durante o evento da marca de lingerie e vibradores Loungerie, nesta quinta, 9, em São Paulo.

Veja também

No entanto, ela acredita que é importante trabalhar pela autoaceitação. Vestindo uma peça com decote, transparência e fitas adesivas nos seios, ela falou sobre a opção de look: "Lá fora, as meninas usam muito no dia a dia para sair sem sutiã. Eu uso porque acho divertido".

"Sempre uso renda e cores vivas. É muito raro usar aquela peça sem graça. Às vezes, você está andando na rua e se sentindo maravilhosa com um fio-dental por debaixo da roupa. Ninguém sabe o porquê", brinca.

Quando o assunto é fetiche, Yasmin conta que tem os seus, mas não dá mais detalhes. "Fetiche é o seu desejo mais secreto", explica. No entanto, nudez é um assunto sem tabus para ela. "Eu fui criada em praias nudistas pela minha mãe e meu pai [o empresário Armando Fernandez]. Estou acostumada a vê-los pelados na minha frente".

"A nudez nunca foi uma questão para mim. Eu sempre vi como uma coisa natural. É o seu corpo, é o que te carrega até o resto da sua vida, é seu, você tem que se apropriar dele", relembrou a modelo e atriz que protagonizou famosas cenas quentes em "Verdades Secretas".

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa