menu
Topo

Universa

Luana Piovani sobre maternidade: "ilusão de que é o melhor momento"

Do UOL

03/11/2017 20h12

Em seu canal no YouTube, Luana Piovani resolveu falar sobre solidão. “Todo mundo já teve esse momento tristonho, então por que não falarmos sobre esse tema?”, defendeu a atriz logo no início.

Questionada por uma seguidora sobre o porquê da maternidade ser um período tão solitário, Luana aproveitou para falar um pouco sobre sua experiência como mãe do Dom, 5, e dos gêmeos Liz e Bem, 2.

“Não recebi ninguém na maternidade quando tive filhos e avisei que só receberia visitas em casa a partir dos dois meses dos bebês. Por que me sinto sempre insegura, é um pânico. Ter um bebê que depende exclusivamente de você dá muito medo. E a gente se sente sozinha mesmo. A maternidade é muito cercada por essa ilusão de que é o melhor momento do mundo, a melhor sensação do mundo e não é. Dá muito medo ter uma coisinha muito delicada dependendo só de você. A gente se sente muito insegura. Fiz cesárea e foi muito difícil o pós-operatório, muito dolorido.”

A atriz ainda contou que se sentiu muito solitária quando foi morar no Japão aos 15 anos e durante o período que passou em Nova York, nos EUA. “Acho até que passei por uma fase de depressão”, relembrou.

“Já senti solidão, mas eu acho que tem a ver com estofo. É quando você vai se preenchendo de si. Na viagem são histórias que você viveu, páginas do seu livro que escreveu. E análise traz autoconhecimento. E isso ajuda muito a não se sentir sozinha, se gostar e descobrir que a melhor companhia do mundo é você mesma. Só depois que a gente descobre o prazer de existir e ser quem somos, é que vamos descobrir o prazer de estar em outra companhia e de ser também uma boa companhia. É um exercício que leva um tempo e dá um trabalho”, filosofou Luana.

De acordo com a atriz é preciso descobrir a sua própria boa companhia. “Estar preenchido de si mesmo e aí o estar só é bom. Um dos momentos mais felizes da minha vida é quando os três filhos estão dormindo, a casa está silenciosa, tudo seguro e todo mundo com saúde. Acho uma delícia. Ou quando o Pedro sai, ele é bem mais baladeiro que eu, e a casa fica naquele silêncio. E eu penso que meu marido foi fazer uma coisa que faz tão bem para ele, que vai voltar para casa tão feliz. É o melhor momento, é o momento de solitude”.

Ao contrário da esposa, Scooby não gosta de passar muito tempo sozinho. “Ele tem 29 anos, ainda aprenderá que é bom”, disse ela que está com 41.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa