menu
Topo

Casa e decoração


Casa e decoração

Aspirar ou lavar? Descubra como limpar cada tipo de tapete

Getty Images
Imagem: Getty Images

Marcelo Testoni

Colaboração para o UOL

2017-10-18T04:00:00

18/10/2017 04h00

Para limpar um tapete, de forma geral, você pode usar aspirador de pó ou pano úmido para tirar algumas sujeiras. Para lavar e secar, porém, é preciso um pouco mais de atenção, pois os métodos variam de acordo com o tamanho, estilo e material de cada um. Limpezas pesadas e processos de impermeabilização exigem profissionais, mas manutenções periódicas podem ser realizadas em casa. Basta acompanhar as dicas e fórmulas simples que listamos a seguir.

Felpudo

Fibras altas e volumosas, como lã e algodão, apesar de durarem bastante tempo, precisam de uma boa limpeza a cada seis meses. Primeiro, passe uma vassoura de cerdas macias ou aspire para remover pó e resíduos. Em seguida, se precisar eliminar manchas difíceis, passe um pano úmido com um pouco amaciante de roupas, depois escove de leve. A lavagem total só é indicada se a peça estiver muito encardida.

iStock
Imagem: iStock

Pele ou couro

Se for de tom claro, como branco ou bege, precisa ser limpo semanalmente. Já os escuros e pretos, uma vez por mês. A limpeza é a seco, feita com o aspirador de pó sempre movimentando o a boca do aparelho na direção dos pelos, com cuidado para não amassá-los ou arrancá-los. Para tirar marcas de sujeira, basta um pano úmido com detergente neutro, mas sem molhar, pois, se demorar mais do que 24 horas para secar, fungos aparecem e a peça começa a cheirar mal.

Fibra

Seja de sisal ou juta, necessita ser aspirado dos dois lados para eliminar a areia fininha que se acumula entre suas tramas, que acabam serradas com o pisar frequente. Nunca use água, pois o material amolece e apodrece. No máximo, esfregue um pano umedecido. Para não mofar sobre pisos úmidos ou casas de praia, coloque sob ele telas de EVA, látex ou feltro. A primeira é um material anti-derrapante, que custa barato e é vendido em lojas de material de construção e decoração

Crochê

Tapetes artesanais devem ser lavados com sabão de coco e à mão, pois são mais delicados. Se sujar muito, a peça pode ficar de molho. Coloque meio litro de água morna com 100 ml de água oxigenada e 2 colheres de bicarbonato de sódio, depois cubra com mais água. Depois de meia hora, enxágue e coloque para secar à sombra, mas sem pendurar, para que o peso da peça molhada não a deforme.
 

Tingido

Lave somente quando as fibras estiverem endurecidas por sujeira. Se forem estampados, prefira aspirar e jamais utilize o vaporizador, que pode borrar as cores dos fios com seus jatos de ar quente. Respingos de comida ou líquidos devem ser enxugados antes com papel toalha e removidos com pano úmido com detergente, mas sem fazer movimentos circulares para não aumentar o estrago.

Maira Acayaba/Divulgação/Escritório INA Arquitetura
Imagem: Maira Acayaba/Divulgação/Escritório INA Arquitetura

Borracha

Se for uma passadeira de cozinha, coloque na máquina de lavar roupas. Simples. Se não couber, aspire para remover farelos e poeira e complete a limpeza passando um pano molhado em uma solução de 500 ml de água, um quarto de uma xícara de álcool, 1 colher de bicarbonato de sódio e 1 colher de vinagre branco. O bicarbonato mais o álcool removem as manchas difíceis, como as de molho, enquanto o vinagre desinfeta.

Vinil

No caso dos capachos de porta, a lavagem vai depender da frequência do entre e sai dos moradores. Por não ser tão flexível como a borracha, não coloque na máquina de lavar, pois pode estragar o aparelho. O ideal é lavar em água corrente, mas nunca muito quente, para não derreter o material. Para tirar chiclete grudado, esfregue um pano umedecido com benzina ou removedor de esmaltes.

Getty Images
Imagem: Getty Images

Carpete

Limpe mensalmente. Para eliminar manchas de graxa, gordura e tinta, após a aspiração, passe um pano umedecido em vinagre ou benzina. A área afetada deve secar em local arejado; Ligue o ventilador na ausência de janelas próximas. Outra solução contra sujeiras que penetram é a impermeabilização, feita por tapeçarias. O efeito dura cerca de um ano.

Sintético

Poliéster e náilon são dos mais simples de limpar, mas apresentam a desvantagem de cheirar mal quando não secam direito. Por isso, após a lavagem com água e sabão neutro, em estado de secagem, borrife o vinagre. A substância, além de matar os microrganismos que sobrevivem à lavagem, neutraliza odores fortes e acidez, como os da urina de animais de estimação.

Acetinados

Tapetes delicados, como seda, chenile e veludo, devem ser limpos a seco, para que seus fios não desfiem, quebrem ou percam o brilho com a lavagem. Polvilhe amido de milho e bicarbonato de sódio em porções iguais para sugar a umidade e a sujeira das fibras e, depois de meia hora, remova o pó com aspirador. Para não arrancar os fios finos, coloque um lençol sobre a superfície do tapete e faça a sucção.

Fontes: Guia de serviços Rug Care, da By Kamy, e Rejane Nascimento, especialista em produtos têxteis da lavanderia 5àsec.