menu
Topo

Universa


Universa

Criadora de Grey's Anatomy é terceira mulher negra no hall da fama da tevê

Getty Images
Shonda Rhimes, criadora de séries como "Grey's Anatomy" e "How to Get Away with Murder" Imagem: Getty Images

do UOL, em São Paulo

2017-10-17T16:04:30

17/10/2017 16h04

A produtora Shonda Rhimes, criadora de séries como "Grey's Anatomy", "Scandal" e "How to Get Away with Murder" se tornou a terceira mulher negra a entrar para o Television Hall of Fame — um grupo seleto de profissionais que marcaram a história da televisão americana.

Veja também

O feito é significativo pelo crescimento, ainda que tímido, de representatividade que a produtora traz com ela para o meio. Suas séries são reconhecidas por tratar abertamente de questões raciais, terem castings diversos e conversarem com o público LGBT.

Antes de Shonda, apenas duas mulheres negras alcançaram o mesmo status: a apresentadora Oprah Winfrey e a atriz Diahann Carroll — fãs de "Grey's" devem lembrá-la como a Mama Burke — foram selecionados pela Academy of Television Arts & Sciences (responsável também pelo Emmy Awards).

O CEO da academia, Hayma Washington, falou sobre a escolha do nome de Shonda em um comunicado à imprensa: "Todos estes indivíduos [escolhidos] são inovadores que moldara ma televisão e deixaram uma marca indelével na mídia e na nossa cultura. Nós estamos honrados em dar boas vindas ao último grupo de pessoas de destaque e estamos ansiosos por mostrar o impacto deles nas gerações futuras". 

Além da empresária, a comediante Joan Rivers, falecida em 2014, e o elenco original de "Saturday Night Live" serão celebrados na cerimônia do dia 15 de novembro.

Mais Universa