menu
Topo

Sexo


Sexo

Brinquedos sexuais feitos de pedra e cristal prometem aumentar a libido

Reprodução/Instagram Chacrkubs
Exemplo de dildos esculpidos a partir de minerais considerados energizantes, como quartzo rosa, jaspe e ametista Imagem: Reprodução/Instagram Chacrkubs

Marcos Candido

Do UOL, em São Paulo

2017-09-11T04:00:00

11/09/2017 04h00

Usadas como amuletos, pedras e cristais energizantes foram parar no catálogo de brinquedos sexuais. Um número cada vez maior de pessoas está em busca de plugs anais, dildos, anéis penianos e ‘ovos eróticos’ (os "yoni eggs”) feitos a partir de minerais como quartzo rosa, jade e ametista. Acredita-se que, diferentemente de produtos convencionais, os “cristais sexuais” ajudam na cura para traumas sexuais, aumentam a libido e melhoram o humor.

Veja também:

Desde 2011, a loja norte-americana Chackrubs mantém uma linha própria de dildos e plugs feitos partir de minerais como jaspe vermelho, por exemplo, que prometem resolver traumas sexuais, trazer estabilidade emocional e estimular três tipos de diferentes de chakras. Já o dildo de aventurina verde, um tipo de quartzo, promete aquecer o sexo, especialmente entre idosos, e reforçar pensamentos positivos. Feito de obsidiana, o plug anal Black Obsidian tem como função fazer o usuário conhecer melhor a si mesmo e a entrar no subconsciente da mente para desbloquear energias que ficaram presas.

Vendidos pela internet, os sextoys energizantes são avaliados e recomendados por dezenas de mulheres no YouTube, que apresentam dicas de como higienizar e qual mineral é o mais apropriado para cada necessidade. Eles são entregues no Brasil e custam a partir de 60 dólares, ou 180 reais. Um modelo mais sofisticado sai por cerca de 460 reais.

Reprodução/Instagram
"Yonni eggs" são introduzidos no colo do útero, fortalecem a musculatura vaginal e ampliam as "energias vitais" Imagem: Reprodução/Instagram

Como faz? 

A estudante de farmácia e terapeuta corporal Aysha Almeé, 40, há quatro anos ministra aulas de massagem tântrica com a ajuda de ‘yoni eggs’. Aysha diz que cada ovo é introduzido na altura do colo do útero e puxado de volta à superfície com a ajuda de uma cordinha.

O método supostamente soluciona disfunções sexuais, acaba com a frigidez e aumenta a sensibilidade na região genital. A terapeuta salienta que a técnica é milenar, e que a clientela tem crescido nos últimos anos. “Os 'yoni eggs' não são só eróticos. São meio de autoconhecimento, prazer e saúde por meio de meditações e exercícios pélvicos e íntimos”, explica.