menu
Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Príncipe William fala pela primeira vez sobre bulimia da mãe

Getty Images
Príncipe William Imagem: Getty Images

do UOL, em São Paulo

23/08/2017 10h21

A poucos dias do aniversário de 20 anos da morte da mãe, príncipe William voltou a se abrir sobre os problemas de saúde mental com que a princesa lidou — e a fazer um apelo emocionante e empoderador pela quebra do estigma ao redor do tema.

No documentário "Desperdiçando: A verdade sobre a Anorexia" (em tradução livre do inglês), de um canal de tevê local, o herdeiro da coroa britânica falou sobre a importância de se discutir abertamente os transtornos alimentares e outras questões relacionadas.

Reprodução/InstagramKensington Palace
Princesa Diana segura o príncipe William no colo Imagem: Reprodução/InstagramKensington Palace

No papo com o âncora Mark Austin e sua filha Maddie, que está lutando contra a anorexia, o príncipe comentou. "Nós precisamos normalizar esta conversa sobre saúde mental. O fato de que você está falando sobre isso é incrivelmente corajoso". Quando o jornalista perguntou então a ele se tinha orgulho da mãe por ter falado sobre seus próprios problemas, William garantiu: "Sem dúvidas. Estas são doenças. E a saúde mental precisa ser levada tão a sério quanto a saúde física". 

Durante uma entrevista à BBC em 1995, Diana falou sobre como as dificuldades de seu casamento e o divórcio do príncipe Charles afetaram seu emocional. "Eu não gostava de mim, eu tinha vergonha porque não pude lidar com as pressões. Tive bulimia por anos, que é como uma doença secreta. Um padrão repetitivo que é muito destrutivo para você mesma. Era um sintoma do que estava acontecendo no meu casamento. Eu estava gritando por ajuda, mas mandando os sinais errados. E as pessoas estavam usando minha bulimia como um casaco em um cabide: Eles decidiram que era este o problema — Diana era instável". 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!