Topo

Mães e filhos

Nem precisava, mas estudo confirma como críticas estressam as mães

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL

22/06/2017 08h33

Quem é mãe já sabe: da gestação à criação, será uma enxurrada de opiniões sobre o que você deve ou não fazer. Um estudo recente da Universidade de Michigan bateu o martelo científico e confirmou que a maioria das mães sofre com críticas e intervenção de familiares, outros pais, amigos e até de outras mães.

Segundo a pesquisa, feita com 475 mães de crianças de até 5 anos, seis entre 10 delas já foram criticadas sobre suas condutas de disciplina até amamentação. Sarah Clark, uma das autoras do estudo, aponta que esses “conselhos” levam a mais estresse e que fazem as mães sentirem mais pressão que apoio.

A maior parte desse constrangimento vem da própria família, com 37% dos críticos sendo os próprios pais da mãe em questão, seguidos pelo outro pai (36%) e padrastos (31%). Amigos, outras mães, comentaristas de internet, pediatra e babá aparecem mais abaixo na lista.

Os temas que mais aparecem nestas críticas são disciplina (70%), depois dieta e nutrição (52%), sono (46%), amamentação (39%), segurança (20%) e cuidados (16%).

O lado positivo

Ainda que 42% das mães afirmem que essas críticas a fazem se senti mais inseguras sobre a maternidade, isso também as impulsiona a conhecer mais e a consultar especialistas para comprovar se os conselhos são mesmo válidos.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!