Topo

Mães e filhos

Ela chamou a mãe de "gorda", mas não esperava por essa lição

Do UOL

16/06/2017 12h13

"Gorda" é xingamento? Para a filha da autora norte-americana Allison Kimmey, sim: foi disso que ela chamou a mãe quando ficou brava por ter que ir embora da piscina após um dia de diversão.

Allison, no entanto, não deixou barato: ao voltarem para casa, ela tratou de conversar com os dois filhos para explicar que não, ser gorda não era algo que deveria ser usado como ofensa. "A verdade é que eu não 'sou' gorda", ela disse um texto publicado em sua página no Instagram. "Gordura é algo que todos nós temos. É o que protege nossos músculos e ossos e mantém nossos corpos funcionando."]

Reprodução/instagram.com/allisonkimmey
Allison Kimmey e a filha, em foto do Instagram da autora Imagem: Reprodução/instagram.com/allisonkimmey

A norte-americana sofreu com distúrbios alimentares e, atualmente, dá palestras para ajudar adolescentes a aceitarem seus corpos. "Sempre que o assunto aparece, tenho que pensar em como vou tratá-lo. Se eu reclamar com meus filhos quanto ao uso, acabo provando que "gordo" é um insulto e acabo perpetuando o estigma de que ser acima do peso é ser alguém indigno de atenção, nojento, cômico e indesejável", ela diz no texto.

Ela disse que tentou ensinar que "a palavra 'gordo' não é um palavrão na nossa casa" e que, embora não possa controlar o que as pessoas falam em outros ambientes, ela não vai aceitar que o termo seja usado como insulto dentro de sua casa. "É nosso trabalho [como pais] ser a voz mais alta, mais compreensível, positiva e consistente que eles irão escutar", diz.

O texto acabou se espalhando pelas redes sociais, com comentários apoiando a bronca que Allison deu nos filhos - e com pessoas discordando veementemente da opinião da autora, dizendo que ela está iludindo a filha sobre os perigos da obesidade.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!