Topo

Universa

Katy Perry já pensou em se matar. Saiba como lidar com pensamentos suicidas

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Helena Bertho

do UOL

11/06/2017 16h35

Desde sexta-feira, Katy Perry tem transmitido sua rotina ao vivo no Youtube, como parte das ações de lançamento do seu novo disco "Witness". E foi durante um papo com seu psicólogo na transmissão que ela revelou já ter pensado em se matar. "Eu tenho vergonha de um dia ter tido esse pensamento", disse.

Katy, não precisa ter vergonha, você não está sozinha: segundo dados do Centro de Valorização da Vida (CVV), 17% dos brasileiros já pensaram em se matar. Mas isso não quer dizer que o assunto não seja importante. "É um sinal de depressão e desespero e requer atenção", afirma a terapeuta da família pela Unifesp, Marina Vasconcellos.

Segundo a especialista, quando uma pessoa pensa em tirar a própria vida, ela já está em grande sofrimento e pode não ser capaz de sair da situação sozinha. "O mais importante é buscar ajuda. Fale com alguém em quem confia, busque um psicólogo, ou um centro de saúde, ou ligue para o CVV, onde pessoas treinadas estarão disponíveis para te ouvir e apoiar", afirma a psicóloga.

E se alguém me falar que está pensando em se matar?

Nesse caso, é importante oferecer ajuda e acreditar que a pessoa está mesmo disposta a tirar a própria vida. Para ajudar, a psicóloga Karen Scavacini, do Instituto Vita Aleri, de prevenção ao suicídio explica o que fazer:

  • Não duvide, pode ser que a pessoa queira chamar atenção ou não. Então ofereça ajuda
  • Converse, pergunte o que a pessoa está sentindo e ajude a se acalmar
  • Não faça piadas
  • Não diminua o sofrimento da pessoa, dizendo que podia ser pior
  • Não diga que vai passar
  • Não prometa segredo e avise as pessoas mais próximas, para que também fiquem alerta 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa