menu
Topo

Universa

Barbies ganham véus islâmicos em projeto de inclusão cultural nos EUA

Reprodução/Instagram
Barbies de Hijab Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL

10/05/2017 08h31

As bonecas mais queridas do mundo já foram alvo de muitas discussões sobre os padrões que ajudam a arraigar, desde muito cedo, nas mulheres. Mas desta vez, a magreza excessiva ou mesmo a famosa cabeleira loira não é o problema.

A organização For Good, de Pittsburgh (EUA), iniciou um projeto em sua comunidade que visa criar versões mais inclusivas da boneca para a grande comunidade islâmica local. Para isso, bastou incluir na vestimenta da Barbie um hijab – o véu islâmico que cobre o cabelo e pescoço.Chamado de “Hello Hijab”, o projeto fabrica essas peças, as vende por US$ 6 e toda a renda é revertida para organizações entre as comunidades multiculturais da região.

Divulgação
Salma Bokhari e Grace Fetterman, ambas de 5 anos, brincam com suas Barbies com hijab Imagem: Divulgação

“Hello Hijab acredita que, ainda que tenhamos aparências e crenças variadas, nossas semelhanças são muito maiores que as nossas diferenças. Lutamos por um mundo em que podemos todos viver e amar juntos”, diz o comunicado oficial.

Mais Universa