Topo

Universa

Andressa Urach termina novamente casamento; voltar para o ex é uma boa?

Cláudio Cauduro/Divulgação/Agência Fio Condutor
Os dois haviam se casado novamente em outubro de 2016 Imagem: Cláudio Cauduro/Divulgação/Agência Fio Condutor

Vivian Ortiz

Do UOL, em São Paulo

06/05/2017 19h14

A modelo Andressa Urach usou seu perfil no Instagram neste sábado (6) para anunciar que está separada de Tiago Costa, pai de seu filho, Arthur, 11. Os dois haviam reatado o relacionamento e chegaram a se casar novamente em outubro do ano passado. Antes dessa nova chance, eles ficaram juntos por seis anos e passaram outros sete longe um do outro.

"Bom dia a todos! Venho através dessa mensagem comunicar que eu e @tiago_lcosta estamos nos separando, infelizmente. Mas na vida temos escolhas e somos responsáveis por cada ato", escreveu Andressa. "Desejo a ele que seja muito feliz e que Deus o abençoe em cada passo em sua vida", completou.

Chance de repetir erro?

De acordo com a psicanalista Gisela Azevedo, não existe nenhuma "receita de bolo" sobre essa história de reatar ou não um antigo relacionamento. "O que as duas pessoas precisam avaliar é se restou algo a ser reconstruído nesta nova fase da relação, e se é isso que o coração pede", avalia.

Na visão da especialista, esse "voltar" também depende muito do modo como a relação terminou. Além de situações extremas, como uma traição, Gisela lembra que muitas brigas acontecem por falta de tolerância ou ainda quando não há entendimento entre a dupla, o que causa aquela sensação de que "cada um fala uma língua".

"O universo feminino é diferente do masculino. De um lado, temos o homem acreditando que está fazendo o melhor por seu relacionamento quando, na verdade, o que a mulher espera dele é outra coisa. E vice-versa", ressalta.

Cuidados no dia a dia

Falta de diálogo e expectativas diversas fazem com que, muitas vezes, os desentendimentos passem a ocorrer com maior frequência. "Isso gera uma frustração que vai se tornando intolerável, a ponto de a pessoa não conseguir mais digerir aquele sentimento e nada do que outro faça passa a soar como uma boa reparação para que a relação continue", diz.

É neste ponto da história que costumam ocorrer as separações. "Além disso, as pessoas costumam ter um desejo de controle muito grande e passam a acreditar que, se as coisas não acontecerem do jeito que elas desejam, não dá para continuar", avalia.

A psicanalista lembra ainda que é preciso conversar sobre as expectativas, pois ninguém pode ler o pensamento do outro. "Os parceiros esquecem que não dá para esperar algo, que não foi combinado, saia do jeito que a pessoa quer", diz.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa