Universa

Falar palavrão tem o poder de aumentar a nossa força, diz pesquisa

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

05/05/2017 18h52

Tem vontade de xingar meio mundo quando bate a cabeça sem querer? Ou quando o carro quebra no meio do nada e, ainda por cima, você precisa empurrar? Pois saiba que essa atitude pode trazer muitos mais benefícios do que simplesmente um pouco de conforto. De acordo com psicólogos, falar palavrão nos deixa mais fortes, no sentido físico mesmo.

Durante um desafio de meio minuto pedalando em uma bicicleta, quem xingou teve picos de força de 24 watts a mais, em média. Em outro teste, feito com participantes que seguraram por 10 segundos um hand-grip--aparelhinho que ajuda a medir o quanto de força a pessoa consegue fazer com as mãos-- a potência aumentou o equivalente a 2,1kg, descobriram os pesquisadores.

"No curto período de tempo dos testes, observamos que existem benefícios no xingamento", afirmou Richard Stephens, psicólogo da Universidade Keele, que apresentou os resultados na reunião da Sociedade Britânica de Psicologia em Brighton, de acordo com informações do The Guardian.

Como foi a experiência

Stephens selecionou 29 pessoas, com média de 21 anos, para o teste de ciclismo e 52 pessoas, com média de 19 anos, para a experiência com o hand-grip. Todos foram convidados a escolherem uma palavra para repetir durante a pesquisa, com base em um termo que certamente diriam se batessem a cabeça, por exemplo.

No caso da palavra neutra, os voluntários foram convidados a escolherem alguma que descreveria uma mesa, como "madeira" ou "marrom". Por fim, pediram para que os participantes repetissem a palavra ao longo de cada teste. Tudo dito sem gritar, em um tom de voz normal.

O trabalho baseou-se na pesquisa anterior de Stephens, que encontrou evidências de que os palavrões aumentariam a tolerância das pessoas à dor. "Não estamos dizendo algo que ninguém ainda não saiba, mas estamos verificando isso de uma forma sistemática e objetiva", acrescentou. "Acredito que as pessoas, instintivamente, reagem com palavrões quando se machucam ou quando estão procurando um impulso extra no desempenho".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo