Topo

Universa

Victor do MasterChef é pai de Aiko, menino feliz com dois pais e duas mães

Arquivo Pessoal
No dia do nascimento de Aiko, da esquerda para a direita, Olivier, Victor, Nami e Azsa, com o bebê no colo Imagem: Arquivo Pessoal

Adriana Nogueira

Do UOL

28/04/2017 12h00

Nesta quinta-feira (27), Aiko Joaquim completou um ano de idade e de Tóquio, onde mora com as duas mães, as americanas Nami Hall e Azsa West, reuniu a família em uma chamada de vídeo internacional. Conectados ao trio estavam Victor Vieira, participante do programa “MasterChef” (Band) e um dos pais do menino, falando do Brasil, e Olivier, noivo de Victor e o outro pai do garoto, direto de Shangai, na China.

A existência de Aiko foi revelada por Victor, na terça-feira (25), durante o reality show culinário, e chamou a atenção dos seguidores do cozinheiro no Twitter, que o elogiaram por contar sua história na TV aberta.

Arquivo Pessoal
Victor com Aiko, em um sling Imagem: Arquivo Pessoal
Em entrevista ao UOL por e-mail, Nami, que é coreógrafa, conta que conheceu Victor em Shangai, meses antes de engravidar, na casa de um amigo em comum.

“Logo nesse encontro, minha mulher perguntou se ele teria interesse em nos ajudar a ter um bebê. Ele ligou para o noivo naquela noite, e concordamos em continuar conversando sobre isso.”

Nami fala que, durante um mês, os quatro foram se conhecendo mais e mais até que um dia marcaram de jantar todos juntos, na casa que ela dividia com Azsa, na cidade chinesa.

“Fiz uma comida para aumentar a fertilidade, espalhei um monte de velas pela casa, em uma ‘vibe’ bem romântica. Bebemos muito champanhe, e Victor nos deu o que precisávamos para fazer um bebê, seu esperma em um copo esterilizado. Victor e Olivier foram embora, eu e Azsa fizemos o resto. Duas semanas depois, eu estava radiante e grávida. Fizemos tudo em casa [a fertilização], sem intervenção médica. Dei à luz 38 semanas depois, em Shangai, e estavam todos lá.”

Segundo Nami, até a mãe de Victor foi à China para acompanhar o nascimento do neto e ficou no país por um mês para ajudar nos primeiros cuidados com o menino.

A harmonia entre as famílias unidas com o nascimento do menino é tanta que há uma torcida transcontinental pelo participante do “MasterChef”. “Assistimos ao programa, e minha família inteira na América também.”

Mesmo tão pequeno, Aiko escuta o tempo todo sobre sua origem. “Ele é, de fato, um menino muito feliz, com duas mães e dois pais”, afirma Nami.

Arquivo Pessoal
Azsa e Nami com Aiko Joaquim, que completou um ano Imagem: Arquivo Pessoal

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa