Topo

Beleza


Beleza

Pai de Sophie Charlotte é cabeleireiro e cria looks de personagens da atriz

Mauricio Fidalgo/TV Globo
Sophie com o corte de cabelo que usará em "Os Dias Eram Assim" Imagem: Mauricio Fidalgo/TV Globo

Vanessa Barros

Colaboração para o UOL

2017-04-12T04:00:00

12/04/2017 04h00

Sempre que estreia em uma novela, Sophie Charlotte rouba a cena com o visual de suas personagens. A atriz já foi loira, morena, ostentou longos cachos e radicalizou com um corte "joãozinho". Agora, para viver Alice, a protagonista de "Os Dias Eram Assim" - série que ocupará a faixa das 23h da Globo, a partir do dia 17 - ela ganhou megahair e franjinha inspirada na francesa Jane Birkin.

Todas essas mudanças de look foram assinadas pelo mesmo cabeleireiro a quem Sophie é fiel: Mário Silva, pai da atriz. "Quem define o conceito do visual das personagens é a equipe de caracterização da Globo. Eu sou o mão de ferro: vou lá e executo", conta, orgulhoso.
 
Mário consegue identificar seu próprio trabalho nas ruas e fica surpreso em ver como as personagens da filha influenciam a moda. Segundo ele, o corte "joãozinho" de Sophie, feito para a série 'O Rebu' (2014), foi o mais marcante até hoje. "O [diretor José Luiz] Villamarim queria a Sophie de cabelo curtinho para a personagem, o que foi maravilhoso. E a moda mudou! Antes quase ninguém cortava o cabelo daquele jeito, depois,as mulheres começaram a copiar", analisa o hair stylist.
 
Todas querem ser Sophie
Antes mesmo de a nova trama começar, os cabelos longos, a franja espessa e o castanho claro exibido pela atriz nas chamadas da emissora já viraram referência para as clientes do salão de Mário, o Esmell, no Leblon. Assim acontece desde o início da carreira de Sophie, na temporada 2007 de "Malhação", quando ela surgiu linda, com os fios longos e levemente repicado nas pontas. 
 
Em "Os Dias Era Assim", a atriz viverá Alice Sampaio, uma fotógrafa movida pelo amor e pelo inconformismo com a situação do país e os padrões sociais da década de 70. Para ajudar a contar a história desta mocinha, Rubens Libório, caracterizador da Globo, optou por dar um cabelão à personagem. "Nos anos 70 usava-se cabelos muito curtos, como o da Elis Regina. Mas como a personagem dela é uma heroína, optamos por fios alongados", conta Mário.
 
O cabeleireiro explica que a inspiração em Jane Birkin foi ideia de Sophie. A cantora e atriz francesa, musa e parceira de Serge Gainsbourg,foi uma das referências de moda e comportamento na Europa na década de 70, e virou até nome de bolsa da grife Hermès. "Minha filha queria um visual muito natural como o dela, com poucas mechas." 
 
Acostumado a ver Sophie lançar moda, Mário aposta que desta vez é franja vai fazer a cabeça de muitas mulheres. "Não tem muito corte no comprimento, que está com megahair. O negócio dessa vez é a franja e a cor também.” O tom castanho natural escolhido para a personagem se justifica no contexto da história: ele lembra que, embora os salões já fizessem luzes na época usando touca e agulha, os cabelos iluminados de muitas jovens eram fruto do sol ou de parafina.
 
 
 
Criação alemã
 
Mário é paraense e tem cerca de 30 anos de profissão. Na década de 80, ele viajou para Hamburgo, onde conheceu a mãe da atriz, a bióloga Renate Elizabeth Charlotte Wolf, com quem se casou. Na Alemanha, como cabeleireiro, Mário começou a trabalhar com moda, cinema e televisão. Até os seis anos, Sophie foi criada no país.
 
Com a agenda cheia, "graças a Deus", segundo ele, Mário está pronto para compartilhar com suas clientes o talento que ele usa para criar os cobiçados looks de Sophie. 
 
Cientes de que o hair stylist é pai da moça, muitas delas vão direto à fonte quando querem ficar parecidas com a atriz: “Hoje mesmo entrou uma garota querendo o cabelo de 'O Rebu'. Hoje, três anos depois de a série ter ido ao ar!”, comemora.