Universa

Alunas da Poli fazem vídeo em protesto contra mensagens preconceituosas

Do UOL

11/04/2017 22h46

Um grupo de alunas da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo gravou um clipe rebatendo mensagens preconceituosas que já ouviram. No vídeo, elas apagam de seus corpos frases como “mulher não bebe”, “sexo frágil”, “cara de empregada” e “já pegou a Poli toda”.

Toda a ação acontece ao som da versão de “Survivor”, música do grupo Destiny’s Child, cantada por Clarice Falcão. Em 2015, a cantora brasileira lançou um clipe semelhante para a música, também com viés do empoderamento feminino.

A iniciativa das estudantes, que frisa que apenas 27% dos ingressantes na Poli nos últimos cinco anos são mulheres, surgiu como parte de uma gincana entre os centros acadêmicos da Poli, chamado IntegraPoli 2017, que propõe uma série de desafios aos alunos da instituição.

Eleito o vídeo campeão da competição, o clipe já tem mais de 39 mil visualizações no Youtube.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo