Universa

Não é brincadeira: campanha rebate "mimimi" para mostrar danos do machismo

Do UOL

06/04/2017 22h59

A publicação AzMina divulgou uma nova campanha para falar da importância de se discutir a violência contra as mulheres. Com o nome "Marcas do Machismo", o vídeo contrapõe personagens agredidas com justificativas comumente usadas por homens quando machismo e sexismo são apontados, como "é só uma piada" ou reclamações de que tudo "é mimimi".

Segundo AzMina, a ideia é mostrar que até as mais sutis brincadeiras sexistas contribuem para a violência contra mulheres.

Produzida por mulheres, a campanha foi lançada dias depois do caso de assédio praticado pelo ator José Mayer vir à tona. "Nós queremos questionar todos os 'Zé Mayer' que, no dia a dia, praticam o machismo com a desculpa do humor. Piada só existe se a gente ri junto. Machismo não tem graça", afirma o texto de divulgação do material.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo