Topo

Universa

Fernanda Lima sobre machismo e feminismo: "A gente aprendeu tudo errado"

Andressa Zanandrea

Do UOL, em São Paulo

06/04/2017 04h00

Elogiada por protagonizar e incentivar o debate de assuntos polêmicos em seu “Amor & Sexo”, na TV Globo, a apresentadora Fernanda Lima é uma das engajadas da campanha "Mexeu com uma, mexeu com todas". Em entrevista ao UOL Estilo, a gaúcha, de 39 anos, falou sobre a importância do momento atual, em que o feminismo se tornou centro de discussões.

“Uma mulher não pode ganhar menos que um homem, não pode apanhar de um homem, não pode calar a boca porque um homem a interrompe. São coisas muito básicas, que deveriam ser valores ensinados desde a infância. Infelizmente a gente se deu conta de que aprendeu tudo errado, até nós mulheres. O que a gente vê de mulher supermachista, criticando outras mulheres...”

Fernanda também ressaltou a importância de também mobilizar os homens em prol do feminismo. “Tomara que a gente tenha cada vez mais homens com a gente. Eu sei que temos, porque os homens estão muito sensíveis à nossa causa. Para eles, é muito bom que a gente esteja empoderada.”

Como mãe de dois meninos, a apresentadora faz sua parte também em casa: com os filhos, os gêmeos Francisco e João, de 8 anos, do relacionamento com o apresentador Rodrigo Hilbert, de 36. “A gente trata diariamente sobre esse assunto. Os meninos têm que ouvir as coisas como elas são. Eles sabem que a gente está vivendo num mundo muito difícil, muito violento, com muito preconceito. Estou sempre os situando em relação ao respeito ao próximo, à compaixão, à empatia", conta.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa