menu
Topo

Universa

Jornal britânico é acusado de machismo após capa com primeira-ministra

Reprodução/Daily Mail
Daily Mail é acusado de machismo após capa Imagem: Reprodução/Daily Mail

Do UOL

29/03/2017 10h08

Duas mulheres que ocupam cargos importantes na política do Reino Unido, Theresa May, primeira-ministra britânica, e Nicola Sturgeon, premiê da Escócia, estamparam a capa do jornal britânico "Daily Mail" de terça-feira (28). Mas o que assustou foi a manchete sexista escolhida pelo jornal para tratar do encontro.

A reunião foi realizada para tratar de temas relacionados ao Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia. May ativará o artigo 50 do Tratado de Lisboa, firmando as negociações de saída da União Europeia. E a batalha da primeira-ministra é para que os quatro países que compõem a Grã-Bretanha (Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales) permaneçam unidos.

No entanto, invés de noticiar o que foi discutido no encontro, o Daily Mail achou mais relevante destacar as pernas das duas políticas. A manchete da publicação era "Don't worry Brexit, who won Legs-it" ("Não se preocupe com o Brexit, quem ganhou nas pernas!", em livre tradução do inglês). A ideia era fazer um “trocadilho” com o som de Brexit e Legs-it.

A capa rendeu diversas críticas nas redes sociais e na imprensa global. Alguns usuários do Twitter fizeram montagens colocando homens no lugar de Theresa e Nicola, acusando a publicação de ser machista, já que o jornal só deu destaque à aparência física de ambas por elas serem mulheres.

Mais Universa