Universa

Vira-lata salva vida de garota de 3 anos abandonada em uma vala

Reprodução/Facebook
Peanut salvou a vida de uma garotinha de três anos Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL

23/03/2017 09h07

Aos dois anos, a vira-lata Peanut ('Amendoim', em livre tradução do inglês) chegou ao abrigo Delta Animal Shelter com as pernas e costelas quebradas. Depois de ser tratada, foi adotada por uma família de Escanaba, no Estado de Michigan, nos Estados Unidos, e nessa semana virou heroína da cidade ao salvar uma garota de três anos.

A dona da cachorrinha contou o ocorrido ao abrigo que postou o texto em sua página no Facebook. Segundo ela, uma certa manhã, a cadelinha começou a latir descontroladamente dentro de casa, a mudança de comportamento dela logo chamou atenção dos donos.

Agitada, ela latia, subia e descia as escadas rapidamente. O dono de Peanut abriu a porta da rua para que ela saísse e a seguiu até um campo aberto próximo.

A cachorra parou em frente a uma vala e, quando o dono se preparava para levá-la de volta para casa, viu uma garotinha nua lá dentro.

Com temperaturas abaixo de zero, o homem saltou na vala e envolveu a criança em sua camisa, correndo de volta para casa. Quando a ambulância e a polícia chegaram, a garota só conseguia dizer uma palavra: caõzinho.

“Graças a Peanut, que também sofreu maus tratos na vida, essa menina foi salva. Ela foi uma benção para nós e é agora para outras pessoas. Palavras não são capazes de expressar o quão gratos somos por ter Peanut em nossas vidas, e o quão maravilhosa ela é“, disse sua dona no relato.

Segundo a polícia de Michigan, a garotinha resgatada está sã e salva, mas foi levada para o hospital para mais exames. Seus pais foram encontrados e a polícia iniciou uma investigação. A guarda da garota e de uma outra jovem encontrada na casa em que eles estavam foi retirada e elas serão encaminhadas para um abrigo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo