Topo

Universa

Sonho de BBB Elis é clarear olheiras; veja quanto ela terá de desembolsar

Reprodução/TVGlobo
A BBB Elis disse que quer clarear a pele depois de deixar o reality Imagem: Reprodução/TVGlobo

Adriana Nogueira

Do UOL

23/02/2017 16h25

Na terça-feira (21), a BBB Elis listou os procedimentos estéticos a que quer se submeter quando sair do reality show da Globo. Entre a tradicional lipo e a recente bichectomia (diminuição de bochechas), ela citou a vontade de fazer clareamento de pele. Mas o que será que ela gostaria de clarear? Segundo Jherssica Lidia, filha da sister, são as olheiras. Para realizar seu sonho, ela tem como opção desde cremes a partir de R$ 50 e tratamento de R$ 1.200 (veja detalhes abaixo).

Segundo a dermatologista Flávia Ravelli, membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), são três fatores que podem determinar o aparecimento do problema. “São eles: o aumento da pigmentação da região, a dilatação dos vasos da área –que a tornam arroxeada-- e um componente anatômico. Às vezes, a pessoa tem alteração óssea, o que faz com que a olheira fique afundada.”

A médica fala que esses fatores podem aparecer sozinhos ou associados e disso depende a escolha do tratamento.

São também três as possibilidades de resolver olheiras. A primeira é com aplicação de cremes clareadores na área. “Podem ser indicados produtos com alfa-hidroxi-ácidos, ácidos azelaico, glicólico e retinoico e hidroquinona, entre outros”, fala Flávia.

A dermatologista diz que se no diagnóstico o médico considerar que há vasos dilatados pode escolher um creme que tenha, além de ativos clareadores, cafeína. “A substância age na constrição dos vasos, fazendo com que eles pareçam menores e o arroxeado seja suavizado.”

Ao tratamento tópico, a especialista afirma que podem ser associados procedimentos como luz pulsada e lasers, que destroem os pigmentos acumulados abaixo dos olhos. “Há lasers ainda que atuam também no caso de vasos dilatados”, diz Flávia Ravelli.

Por fim, quando a olheira tem como causa o componente anatômico, a solução é o preenchimento com ácido hialurônico.

“Algumas pessoas têm um arcabouço ósseo, que faz com que a olheira tenha aquele afundamento. Conforme envelhecemos, perdemos gordura na face, que vai ficando mais murchinha. Essa perda de sustentação também piora a olheira. Injeta-se ácido hialurônico –que é uma substância que a gente tem no organismo-- para levantar e tirar um pouco dessa sensação de cansaço”, fala Flávia.

Peelings --processos em que há remoção das camadas mais superficiais da pele— também podem ser usados para tratar olheiras, de acordo com a dermatologista.

Preços e pacote

Há tratamentos para todos os bolsos. Os cremes usados para clarear olheiras têm preços entre R$ 50 e R$ 400. Os peelings estão na faixa de R$ 200 a sessão (sendo necessárias de três a cinco), e os lasers podem custar de R$ 400 a R$ 800 a sessão (são necessárias três no mínimo). O procedimento mais caro é o preenchimento com ácido hialurônico, que está na faixa de R$ 1.200 e R$ 1.800, uma aplicação única que dura um ano.

O dermatologista Adriano Loyola, assessor do Departamento de Cosmiatria da SBD, recomenda que o paciente não feche pacotes para fazer o tratamento. “O número de sessões necessárias depende muito da resposta da pessoa. Tem gente que com uma já alcança um bom resultado.”

Um ponto que Flávia Ravelli destaca quando o assunto é tratamento clareador para pele é a atenção redobrada com uso de filtro solar.

“Quando a pessoa tem manchas, além do fator de proteção, que tem de ser de, no mínimo, 30, é preciso escolher um produto que proteja dos raios UVA e UVB e de luz visível.”

Por esse tipo de luz, entenda-se a luminosidade emitida pelo computador, pelo celular e por lâmpadas. “O sol também emite luz visível. Por isso que os dermatologistas vêm insistindo na utilização de filtro com cor. Esse produto tem óxido de ferro, substância que barra a luz visível. Também é possível ter essa proteção associando filtro solar sem cor com maquiagem por cima”, fala Flávia.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa