Topo

Universa


Universa

Famosos protestam contra decisão de Trump sobre uso de banheiros por trans

Reprodução/Instagram
Imagem apoiando a causa foi compartilhada no Instagram Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

2017-02-23T13:42:45

23/02/2017 13h42

O presidente Donald Trump revogou na última quarta-feira (22) as instruções federais que obrigavam as escolas dos Estados Unidos a permitirem que estudantes transgênero usem os banheiros e vestiários compatíveis com a identidade de gênero escolhida. Alguns famosos protestaram contra a decisão em suas contas nas redes sociais.

A apresentadora Ellen DeGeneres, por exemplo, falou sobre o assunto em seu Twitter: "Basta ver as notícias sobre a remoção das leis que protegem as pessoas trans. Não se trata de política. É sobre direitos humanos, e isso não é ok", escreveu.

Já a atriz Ellen Page falou: "Precisamos proteger a juventude trans e enfrentar essa crueldade que prejudica nossos filhos. Apoie @Translifeline"

Luta pelos direitos

De acordo com a Casa Branca, Trump acredita que a questão deva ser decidida pelos Estados, sem envolvimento do governo federal. Assim, a partir de agora, ficará sobre responsabilidade dos Estados e distritos escolares determinarem se as leis federais de discriminação sexual se aplicam à identidade de gênero

Exatamente por isso, o caso do americano Gavin Grimm, de 17 anos, é mais emblemático do que nunca. Em 2014, a mãe do garoto – que está em processo de transição de gênero— solicitou à direção da escola Gloucester County School, em Nova Jersey, que ele pudesse usar o banheiro masculino e assim assumir sua identidade masculina em todos os aspectos da vida social.

Reprodução/Nikki Kahn/The Washington Post
O garoto Gavin Grimm entre o pai David e a mãe Deirdre, na casa da família em Gloucester, Nova Jersey Imagem: Reprodução/Nikki Kahn/The Washington Post

Durante dois meses, Gave frequentou o sanitário dos garotos sem nenhum incidente, até que alguns pais e moradores da cidade de Gloucester começaram a reclamar. Em dezembro daquele mesmo ano, a direção da escola adotou uma nova diretriz e passou a obrigar Gave a usar um banheiro unissex.

A família do garoto decidiu, então, processar a instituição. O processo está em instância federal e deve ser julgado em 28 de março. Caso a família vença, a decisão vai afetar como as escolas dos Estados Unidos lidam com estudantes transgênero.

Durante a entrega dos prêmios Grammy, em 17 de fevereiro, a atriz Laverne Cox –ativista dos direitos dos transexuais e ela mesma transexual — aproveitou sua passagem pelo palco para chamar a atenção a respeito de Gavin Grimm, 17 anos. "Todo mundo, por favor, pesquise no Google o nome Gavin Grimm. Ele vai recorrer à Suprema Corte, em março. Usem a hashtag #StandwithGavin (estamos com Gavin)", falou Laverne.

Grimm –que está no último ano do ensino médio—não tinha a menor ideia de que Laverne falaria sobre ele. O garoto nem estava assistindo ao Grammy. Só soube quando a mãe –que via a premiação em outro cômodo da casa—começou a gritar eletrizada.

"Fiquei emocionado porque a amo. Ela é uma pessoa bonita por dentro e por fora. Fiquei realmente emocionado e honrado por ter sido a primeira coisa a sair da boca dela", declarou ele o jornal "The Washington Post".

Vários famosos foram ao Instagram e Twitter apoiar a causa usando as hashtgs #StandwithGavin e #ProtectTransKids:

"Olha quem eu conheci esta noite #GavinGrimm. Este jovem é tão inteligente e está fazendo um ótimo serviço ao seu país e pessoas trans em todos os lugares indo para o #SupremeCourt #SCOTUS 28 de março", disse Laverne Cox.

"Uma a cada 3 trans tentou cometer suicídio na juventude. Essas crianças precisam de mais proteção, não menos. A administração Trump pode estar negociando com medo, e eles podem estar abandonando você, mas, por favor: saibam, meus irmãos trans e irmãs, que vocês têm aliados. Incluindo eu. Nós iremos às ruas e marcharemos por vocês. Você é visto. Você é conhecido. Você é amado. Você tem recursos. Alcance a qualquer um dos grupos marcados nesta imagem. #ProtectTransKids #LibertyAndJusticeForAll #ForALL", escreveu a atriz Sophia Bush.

 

#ProtectTransKids

A post shared by Perez Hilton (@theperezhilton)

on

O fofoqueiro Perez Hilton também deu o seu apoio publicando uma imagem da causa #ProtectTransKids

Mais Universa