Topo

Universa


Universa

Comentário racista contra ator vira arrecadação para refugiados sírios

Reuters
Ator Kal Penn , de 'House', chegou a ter um cargo na Casa Branca Imagem: Reuters

Do UOL, em São Paulo

2017-02-16T13:54:25

16/02/2017 13h54

"Por você não fazer parte desse país, você é uma piada". Esse comentário cheio de ódio, publicado no Instagram do ator e ativista político norte-americano Kal Penn, deu origem a uma campanha que arrecadou mais de US$ 800 mil para refugiados da Síria (quase R$ 2,5 milhões).

Tudo porque Penn, que atuou no papel de Dr. Lawrence Kutner na série de televisão House, M.D. e ainda foi contratado pela Casa Branca no governo Barack Obama para ser um dos diretores do Departamento de Relações Públicas da Presidência dos Estados Unidos em 2009, decidiu levar a agressão na base da piada.

Ele criou um crowdfunding com o nome "Doações para Refugiados Sírios em Nome do Cara que Disse que Eu Não Pertenço à América". A ideia inicial da campanha era arrecadar apenas US$ 2.500 (R$ 7,6 mil), mas, logo no primeiro dia, já havia conseguido US$ 30 mil (R$ 91,5 mil). Por isso, a meta foi esticada para US$ 50 mil (R$ 152 mil).

 

Nesta quinta-feira (16), o valor das doações já chegava a pouco mais de US$ 860 mil (cerca de R$ 2,6 milhões), mais de 34403% da meta inicial. Na própria página do crowdfunding, o ator declarou estar sem palavras.

"Obrigado por continuar a compartilhar nossa história nas mídias sociais. Mais de 20.443 de nós juntaram-se para doar. Para emprestar uma frase de um amigo, isso é, obviamente, muito mais do que qualquer um de nós. Obrigado", afirmou. O dinheiro será direcionado para o International Rescue Committee, que auxilia pessoas em situação de refúgio. 

Mais Universa