Topo

Universa

Vingança serve como estímulo para emagrecer? Khloé Kardashian acha que sim

Adriana Nogueira

Do UOL

15/02/2017 15h59

“Revenge Body” (corpo da vingança, em tradução livre do inglês) é o nome do programa de TV que Khloé Kardashian estreou no canal pago E!, nesta terça-feira (14). A proposta é ajudar uma pessoa a emagrecer e exibir a transformação para algum “desafeto”, como um ex-namorado traidor ou uma “amiga” que fazia bullying por causa do peso. A atração dá a entender que a vingança pode ser um bom estímulo para entrar em forma, mas será que isso funciona na vida real?

“Alguns indivíduos podem se inspirar e emagrecer, mas, se funcionasse com todo mundo, haveria uma diminuição drástica no número de obesos no mundo, o que não está acontecendo”, afirma a endocrinologista Maria Edna de Melo, presidente da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica).

Para a médica, o recurso da vingança como fonte de inspiração para o emagrecimento pode ser bastante perigoso. “Muitas pessoas podem se sentir menosprezadas e incapazes de emagrecer”, fala Maria Edna.

A psicóloga hospitalar Sabrina Gonzalez, especialista em obesidade e transtornos alimentares, diz que emagrecer para provar e/ou mostrar algo para alguém é um mecanismo que tende a falhar uma hora ou outra.

“A insatisfação com o corpo não foi provocada pelo ex-namorado ou pela amiga. Ela já existia, incomodava. Se o desejo de se vingar fizer a pessoa refletir sobre a origem do problema com o peso pode ser positivo, mas, se ficar só em emagrecer por causa do outro, a mudança não será duradoura”, declara Sabrina.

De acordo com a presidente da Abeso, apenas de 5% a 10% dos pacientes que emagrecem conseguem manter o resultado a longo prazo.

Para Maria Edna, programas de TV como o “Revenge Body” fazem da perda de peso apenas uma questão estética e transferem para o obeso toda a responsabilidade sobre os quilos a mais.

“A obesidade é uma doença, não resultado da falta de força de vontade do indivíduo. Para o paciente obeso, comer menos e escolher melhor o que ingerir é difícil. Além disso, muitas vezes, há um organismo em desequilíbrio metabólico por trás dos quilos a mais.”

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa