Topo

Universa

Revista para pais é acusada de encorajar maus hábitos alimentares e cesárea

Reprodução/Facebook
Anúncio da Unimed veiculado na página da revista "Pais & Filhos" Imagem: Reprodução/Facebook

Adriana Nogueira

Do UOL

13/02/2017 12h47

Uma ação publicitária da Unimed, veiculada na revista "Pais & Filhos" (Manchete), está sendo criticada por causar a impressão de fazer apologia à cesárea por conveniência. 

O anúncio, publicado na página do Facebook da revista com o selo #EsperarPraQuê, diz: "Na maioria das maternidades, o acesso às UTIs neonatais é livre para os pais". Isso fez com que grupos de defensores do parto natural iniciassem um boicote às duas empresas nas redes sociais. 

Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook


De acordo com a cooperativa médica, o anúncio tinha como objetivo destacar o acesso à UTI Neonatal sem horários estipulados, que seria oferecido aos pais na maioria das maternidades que a compõe.

"A dúvida é resultado da associação do texto do post com o selo da campanha em um material que tem a Unimed do Brasil como responsável pela divulgação do conteúdo. Por isso, a cooperativa se desculpa e está esclarecendo as dúvidas dos seguidores na fanpage da revista Pais & Filhos, parceira da iniciativa", explicou a empresa, em comunicado enviado por e-mail ao UOL.

Ainda de acordo com o texto, a campanha #EsperarPraQuê, que existe há três anos, “tem orientado diversos pais sobre como cuidar melhor de seus filhos, desde o pré-natal até a pré-adolescência, por meio de matérias, entrevistas, vídeos educativos e conteúdo para redes sociais”, informou a empresa.

A polêmica foi levantada em um post na página do site “Mamatraca” --polo de conteúdo independente sobre a criação de filhos-- no Facebook. No mesmo post em que tratava da Unimed, o “Mamatraca” criticava outras duas ações publicitárias veiculadas na página da “Pais & Filhos”: uma do suplemento Pediasure e outra do achocolatado Toddynho.

Reprodução/Facebook
Post do "Mamatraca" sobre as ações da Unimed, Pediasure e Toddynho Imagem: Reprodução/Facebook

Sobre os produtos, dizia a publicação do Mamatraca: “Uma campanha publicitária para vender açúcar, em prol de alimentação saudável” (referindo-se ao Pediasure) e “Uma campanha publicitária em prol do leite de vaca para vender açúcar” (sobre o Toddynho).

A ação do Pediasure estava vinculada ao texto “10 passos (fáceis e divertidos) para ajudar seu filho a comer melhor”, inicialmente, assinado como se fosse uma reportagem, por Elisa Marconi.

Na sexta-feira (10), após contato da reportagem com Andrea Caruso, gerente comercial da “Pais & Filhos”, alertando para o fato, o nome de Elisa foi substituído por um selo “Publieditorial”. Andrea, entretanto, não esclareceu se Elisa é membro da redação do veículo ou integrante da equipe comercial.

Para o UOL, a Abbot, empresa que fabrica o Pediasure, disse que não promove “a substituição de uma dieta balanceada pela suplementação na dieta de adultos ou crianças”. A companhia ainda ressaltou, em um e-mail, que seu produto só deve ser indicado por pediatras ou nutricionistas para “perfis específicos de crianças que apresentam dificuldades alimentares capazes de comprometer o desenvolvimento infantil saudável, físico ou cognitivo”.

O anúncio sobre o Toddynho trazia o texto “Mãe, quero leite! A gente vai mostrar de uma vez por todas por que ele é importante”. O material estava identificado como conteúdo publicitário desde o início.

Questionada sobre os anúncios em sua página no Facebook, a gerente comercial da revista respondeu, por e-mail: “Nossos departamentos comerciais e de conteúdo são muito bem separados na editora. Quanto as reações no post de Mamatraca, estamos acostumados a divergências de opiniões e acreditamos que as pessoas devem se manifestar livremente nas redes sociais. Quanto aos conteúdos citados, tratam-se de publieditoriais e branded content, formatos comerciais comuns na mídia e que não agridem em nada nosso conteúdo e muito menos nossa credibilidade”.

A Pepsico, detentora da marca Toddynho, não se manifestou sobre as críticas até a publicação desta reportagem, nesta segunda-feira (13). Caso responda ao contato da redação, este link será atualizado. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa