menu
Topo

Universa

Cantadas em Buenos Aires serão punidas com multa e trabalho comunitário

Didi Cunha/UOL
Imagem: Didi Cunha/UOL

Do UOL

09/12/2016 09h08

O "fiu-fiu" portenho pode estar com seus dias contados. Segundo o jornal La Nación, a Legislatura da capital da Argentina decidiu que cantadas poderão ser punidas com multa de até 1 mil pesos (cerca de R$ 210) e trabalho comunitário. Comentários e gestos de cunho sexual ofensivo serão considerados uma contravenção segundo a lei local.

Com 43 votos a favor, a lei foi sancionada pelo texto de um deputado. Pablo Ferreyra Frente afirma que a punição prevista para quem for flagrado assediando mulheres pelas ruas ou em qualquer espaço público será dez dias de trabalho comunitário e multa de 200 a 1 mil pesos. A norma entrará em vigor 120 dias depois da promulgação.

O que foi considerado

Comentários sexuais, diretos ou indiretos; tirar fotografias ou fazer gravações não consentidas, contato físico indevido ou não consentido, perseguição, masturbação e exibicionismo, gestos obscenos e outras expressões integram o repertório de condutas que podem ser consideradas contravenção por essa nova norma.

"Pesquisas revelam que as mulheres começam a sofrer esse problema a partir dos 9 anos de idade", afirmou Ferreyra ao periódico argentino. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa