menu
Topo

Universa

Empresa austríaca cria ilha tropical flutuante que tem até cachoeira

Erin Mizuta

Colaboração para o UOL

24/11/2016 14h02

Um ilha tropical flutuante, perfeita para quem deseja passar o verão em lugares diferentes: este é o projeto desenvolvido pela empresa austríaca Migaloo Private Submersible Yatchs (PSY), especializada em iates submersíveis. Batizada de Kokomo Ailand, a estrutura que mede 80 m a partir do nível da água e tem decoração tropical com palmeiras, várias piscinas, cachoeira e área para churrasco.

A cobertura, onde ficarão acomodados os donos desta embarcação peculiar, conta com banheiras Jacuzzi com fundo transparente. Os diferentes decks funcionam como áreas de lazer, espaço gourmet e spa. Em um dos patamares está o "beach club", uma praia artificial que oferece acesso ao mar e pode ser personalizada segundo a vontade do proprietário. Para alcançá-la, além das passarelas, é possível utilizar um elevador instalado no meio de uma das piscinas (veja aqui).

Um dos destaques do complexo está logo abaixo desta prainha exclusiva: é a sala de jantar submersa com paredes transparentes, que permitem que os passageiros observem o fundo do mar. Se a contemplação do universo marinho não bastar, há a possibilidade de incluir mais um elevador no projeto, com o objetivo específico de alimentar os tubarões.

Minha ilha, minha vida

A plataforma foi elaborada para ter um casco com até 117 m de comprimento e 78 m de largura, mas as dimensões e os atrativos internos da ilha podem ser adequados ao gosto do freguês. A parcela submersa (calado) também é adaptável e vai de 9,7 m a 20,5 m, enquanto a velocidade de cruzeiro gira em torno de 15 km/h.

Os modelos de iates submersíveis da empresa, como o M5, com 175 m de comprimento, reúnem elementos de extremo luxo distribuídos em três andares: heliponto, garagem para dois barcos menores, piscina, banheiras de hidromassagem, spa, sala de jogos, cinema, adega, biblioteca, bar, elevador e seis suítes com 65 m² cada fazem parte do "pacote".

Se animou? É melhor se contentar com um belo iate desses ou um submarino de luxo, pois a ilha ainda é só um conceito. Procurado pelo UOL, Christian Gumpold, diretor administrativo da empresa, não divulga o valor estimado ou se já existem unidades em produção.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa