menu
Topo

Mães e filhos

Por ordem médica, inglesa deixa "carreira" de mãe de aluguel após 13 filhos

Reprodução/Facebook
Em 20 anos, Carole deu à luz 13 bebês Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

27/01/2016 15h28

 

Nos últimos 20 anos, Carole Horlock, 49, moradora de Colchester, na Inglaterra, teve 13 filhos como barriga de aluguel. Agora, por orientação médica, ela terá de encerrar a "carreira".

A cada gestação, Carole recebe uma ajuda de custo de até 15 mil libras (cerca de 90 mil reais --valor permitido pela legislação do país), mas ela afirma não ser o dinheiro sua motivação e, sim, a possibilidade de ajudar alguns casais inférteis a iniciarem uma família.

Em entrevista ao telejornal britânico “This Morning”, ela contou estar muito triste por não poder mais engravidar, pois “ter bebês é viciante e uma jornada incrivelmente excitante”. Carole é mãe de Steffanie, 24, e Megan, 21.

A inglesa foi considerada a mãe de aluguel mais produtiva da Grã-Bretanha, e entre os filhos que gerou existiram casos de gêmeos e trigêmeos. Os primeiros nove bebês foram criados a partir de seus próprios óvulos, e os outros cinco a partir de células doadas.

Em sua última gestação, em abril de 2013, Carole deu à luz um menino de cerca de 4 kg. Nessa gravidez, ela teve pressão alta e foi necessário fazer uma cesárea. Os médicos então a orientaram a parar para evitar problemas de saúde.

Segundo Carole, o único ponto positivo de não voltar a engravidar é poder aproveitar mais a vida sexual com seu companheiro, Paul, após longos períodos de abstinência em virtude dos sucessivos resguardos.