Topo

Universa

Isabela Capeto abre SPFW um dia antes, com jogo de espelhos e capricho em moda

Carolina Vasone/UOL
Isabela Capeto mostrou coleção em cenário de espelhos idealizado por Alberto Renault Imagem: Carolina Vasone/UOL

CAROLINA VASONE<br>Editora de UOL Estilo

15/01/2008 14h21

Tudo no lugar certo. Nada com o movimento do desfile, mas com o movimento adequado às roupas caprichadas de Isabela Capeto, devagar, giratório, em manequins que, fazendo voltinha como bailarinas de caixinhas de música (essa foi uma das referências usadas para compor todo o ambiente), davam tempo ao espectador para que olhasse cada bordado (e eles eram muitos), virasse o casaco para ver o forro bem acabado, prestasse atenção nos vários tecidos e estampas que compunham um mesmo look. "Quis 'tridimensionar a roupa'; a idéia era que elas se comunicassem através dos reflexos", dizia o diretor Alberto Renault, responsável por toda a concepção da exposição ("preferimos chamar assim, achei performance muito pretensioso"), que, montada nos fundos da loja da estilista em São Paulo, formava uma bonita caixa aberta de espelhos e abria, com o pé direito e um dia antes da data oficial do início do evento, a edição Inverno 2008 do São Paulo Fashion Week.

"A inspiração são as metrópoles", dizia a estilista carioca Isabela Capeto, fazendo entender as estampas de prédios multicoloridas, os broches de aviãozinho, a linda estampa de mapa desconstruído. "Colocamos tudo [países, continentes] onde queríamos", se diverte.

O bom humor apareceu em detalhes dos looks como nos colares de metal em que se lia "Aberto", "Try Again", numa brincadeira com as placas de rua das cidades. Também pôde ser apreciado no colorido das peças, que ganhavam bordados de grandes paetês, nas pastilhas de metal forradas, nos brincos enormes, feitos de pedaços de acessórios de outras coleções, assim como as pulseiras. O estilo era "boêmio chique", com peças superenfeitadas e femininas, com toques esportivos como na jaqueta usada com shorts de paetês ou no macacão preto. "Esporte chique", frisa Isabela.

No último dos vinte looks, destaque para o longo vestido em fundo preto, de malha (também foi usada a seda, misturada com o veludo, misturado com o algodão), estampa de mapas, bordados de aviõezinhos, com nesgas recheadas de babados. Por cima, bonito casaqueto de tricô em cinza.

Além dos convidados para o "desfile", os clientes e curiosos que passarem pela loja da estilista até o final do São Paulo Fashion Week, na próxima segunda, 21, vão poder visitar a exposição idealizada por Renault. Vale a pena.

 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa