Topo

Moda

Têca faz desfile ingênuo, inspirado em universo infantil

Alexandre Schneider/UOL
Em desfile infantil, grife Têca se saiu melhor nos looks com alfaiataria Imagem: Alexandre Schneider/UOL

CAROLINA VASONE<br>Enviada especial ao Rio de Janeiro

10/01/2008 20h58

Várias janelas coloridas no chão a na boca de cena, com dois espelhos, um em cada lateral entrada da passarela, compunham o cenário do desfile da marca Têca, que se inspirou no universo infantil para criar sua coleção de inverno.

A grife mostrou vários vestidinhos curtos, com algumas experimentações de modelagem. O vestido solto, com barra de preguinhas e recorte de babados na parte de trás, é um bom exemplo. Mas a estampa de cima é de desenhos de casinha, misturada a mais outras duas. O resultado acaba ficando infantilóide, construindo uma imagem de moda estranha para mulheres adultas, por mais jovens e ingênuas que sejam.

Nas poucas partes em que a marca brinca com a alfaiataria ou faz peças mais estruturadas, se sai melhor. A junção da estamparia que aposta no traço manual, artesanal, ou nos quadradinhos que parecem peças de brinquedo de criança, com a modelagem de camisolinhas, marinheiros caricaturais, acaba revelando uma moda ingênua demais.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!