Topo

Moda

Estréia da grife da Coca-Cola no Fashion Rio gera polêmica entre fashionistas

Alexandre Schneider/UOL
Alavanca de marketing da Coca-Cola, grife estréia streetwear no Fashion Rio Imagem: Alexandre Schneider/UOL

CAROLINA VASONE<br>Enviada especial ao Rio de Janeiro

09/01/2008 22h50

Nem todo mundo sabe mas a Coca-Cola, além de refrigerante, vende roupa. A marca, da AMC Têxtil, mesmo grupo que comprou a Colcci e a Sommer, é vendida em várias multimarcas do Brasil (saiba mais no site da revista Elle) e já se apresentou em semanas de moda pequenas, sem muita visibilidade, como a de Santa Catarina.

A estréia da chamada Coca-Cola Clothing numa grande temporada de moda como o Fashion Rio, nesta quarta (9), gerou incômodo entre alguns fashionistas. Não exatamente pela roupa criada, mas talvez pelo espírito da coisa: usar o evento que deveria concentrar as principais idéias de moda do país como jogada de marketing para vender mais refrigerante.

A jornalista e editora de moda carioca Iesa Rodrigues deu "nota zero" para o desfile (num trocadilho com a Coca Zero, recente lançamento da marca). Houve quem tenha decidido, simplesmente, não ir à apresentação. No campo neutro, alguns afirmaram ter abstraído a polêmica e aprovado o streetwear da marca: "é melhor que o da Colcci", compararam.

Mais
Estréia da grife da Coca-Cola no Fashion Rio gera polêmica entre fashionistas
Veja fotos do desfile da Coca-Cola Clothing
Especial Fashion Rio: Saiba tudo sobre a temporada Inverno 2008

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!