Topo

Moda

Danças e coreografias inspiram inverno da DTA com streetwear, cores e alfaiataria

Alexandre Schneider/UOL
Alfaiataria foi destaque do desfile da DTA, que também apareceu mesclada a polainas e leggings Imagem: Alexandre Schneider/UOL

CAROLINA VASONE<br>Enviada especial ao Rio de Janeiro

08/01/2008 21h53

Grife de moda jovem, a ex-Disritmia fez seu segundo desfile sob o novo nome de DTA nesta terça (8), apostando em descontraída e bem sucedida mistura de alfaiataria, streetwear e influência de roupa e referência à dança, numa coleção que mistura boas sacadas fashion ao também bom apelo comercial.

O desfile começa sóbrio em cinza com shortinhos, paletós, coletes e outros elementos de alfaiataria misturados às polainas do balé, à legging Adidas esportiva. No pescoço, divertidos cachecóis de tricô com teclados de piano desenhados. Camisas com babado, paletós de risca de giz grossa, gravatinha fina no pescoço dos garotos, que também usam calças de cavalo baixo, ajustadas na perna (estilo "cenoura"). Depois, a série dos bons jeans azuis, nem claros, nem escuros, caubóis. Para terminar, pink, roxo, em saias de generosas camadas para as garotas, moletons para os garotos, num estilo oitentista misto de hip hop e new rave.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!