Universa

Pai de criança adotada por Madonna defende a cantora

da Ansa, em Londres

19/10/2006 16h18

LONDRES, 19 OUT (ANSA) - O pai do menino de Maláui que Madonna pretende adotar, a defende das críticas de vários grupos de direitos humanos, que tentam impedir a adoção no país africano.

"Onde estavam essas pessoas quando David estava sofrendo em um orfanato?", disse Yohane Banda, acrescentando que "os que se intitulam defensores dos direitos humanos deveriam deixar meu filho em paz", segundo afirmações divulgadas em jornais britânicos.

Yohane entregou o pequeno David em um orfanato depois da morte de sua esposa pouco depois de dar à luz. "Eu estava sozinho, com uma criança, sem dinheiro. Não podia comprar leite. É por isso que tive que deixá-lo em um orfanato", explicou, afirmando que ficar com Madonna é o melhor que David poderia desejar na vida. (ANSA)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo