menu
Topo

Violência contra a mulher


Menina de 11 anos está grávida de 4 meses após estupro na Argentina

iStock
Imagem: iStock

08/02/2019 08h56

Uma mulher denunciou na província de Tucumán, na Argentina, que sua filha de 11 anos foi estuprada por um homem de 65 identificado como o atual parceiro de sua mãe, a avó da menina, e que a agressão sexual resultou em uma gestação que já está no quarto mês.

A mulher, de 36 anos, apresentou a denúncia na Unidade Regional Leste da província de Tucumán e assegurou à polícia que os supostos abusos aconteceram há quatro meses quando o homem ficou sozinho com a menor de idade.

Alertada pela saúde da sua filha, a mulher foi a um Centro de Atenção Primária de Saúde próximo à região e ali lhe confirmaram que a menina estava grávida de quatro meses.

A Promotoria Especializada em Crimes contra a Integridade Sexual interveio no momento no qual foi confirmada a gravidez da menor e ordenou a detenção imediata do homem de 65 anos.

A mãe e a filha vivem há seis anos com sua avó materna na comuna rural 7 de Abril, situada no município de Burruyacú, a poucos quilômetros da capital da província.

Segundo informou a agência estatal "Télam", o detido é funcionário público da comuna rural onde supostamente ocorreram os fatos.

O Ministério Público Fiscal afirmou que, das 133 causas contra a integridade sexual que foram registradas na província Tucumán durante janeiro, 70% correspondem a situações familiares.

Estes números indicam que aconteceram pelo menos quatro denúncias diárias apenas nessa província.

"As vítimas de um fato destas caraterísticas devem realizar a denúncia imediatamente", ressaltou a promotora responsável pelo caso, María del Carmen Reuter.