menu
Topo

Diversidade


Japonesas buscam se casar em 26 países para buscar mudança de lei no Japão

Reprodução
Imagem: Reprodução

Da EFE

06/01/2019 19h17

Duas jovens universitárias japonesas planejam se casar em 26 países diferentes, incluindo o Brasil, com o objetivo de chamar a atenção sobre a necessidade da mudança nas leis no Japão, que não permitem o casamento de pessoas do mesmo sexo.

De acordo com publicação do jornal japonês "Asahi", a decisão foi tomada por Mayu Otaki, de 22 anos, e Misato Kawasaki, de 21, duas estudantes da Faculdade de Estudos Internacionais da Universidade de Utsunomiya, no norte de Tóquio.

"Queremos mostrar com nossas fotos de casamento que ser lésbica, gay, bissexual ou transexual é normal. Também para que aqueles que estão preocupados com sua condição sexual, possam ter esperança", disse Misato.

O casal fará sua jornada entre março e setembro. Elas começarão no Reino Unido e visitarão outros países da Europa, além da África e América do Sul, com estadias de uma semana em cada nação.

Elas iniciaram uma campanha em um site japonês para obter financiamento coletivo para fazer a viagem. O objetivo é arrecadar 1 milhão de ienes e já conseguiram um terço desse valor, graças a doações de mais de 80 pessoas.

A campanha, "26 bodas", é em referência "ao número de países nos quais o casamento de pessoas do mesmo sexo está permitido até agora", dizem os responsáveis pelo site.

Mayu e Misato pretendem se casar em todos esses países e colocar as fotos da cerimônia em uma conta no Instagram.