Universa

Um dos países mais restritivos, Irlanda fará referendo sobre aborto em maio

AFP
Protesto pró-aborto na Irlanda em setembro de 2017 Imagem: AFP

30/01/2018 13h19

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, anunciou nesta segunda-feira a realização de um referendo sobre os casos nos quais o aborto poderá ser autorizado no país, que atualmente só permite a interrupção da gravidez quando há risco para a vida da mãe.

Após quatro horas de debate, o Conselho de Ministros da Irlanda aprovou a realização do referendo, que pode mudar uma lei aprovada em 1983 e que é uma das mais restritivas da Europa.

Veja também

Varadkar fez o anúncio durante uma entrevista coletiva em Dublin. Segundo o primeiro-ministro, a data do referendo será marcada após o fim dos debates sobre a convocação no parlamento do país.

"O gabinete deu a aprovação formal para celebramos um referendo sobre o aborto, que acontecerá no fim de maio", disse.

A atual lei proíbe a interrupção da gravidez em casos de estupro, de incesto e de anomalias do feto. Dessa forma, os irlandeses poderão decidir se querem revogar a oitava emenda da Constituição, que garante o mesmo direito à vida para a mãe e para o bebê.

Desde 2013, uma nova regra permite a interrupção da gravidez quando a vida da mãe corre perigo.

Varadkar disse que a atual legislação é muito restritiva. "Qualquer emenda à nossa Constituição requer uma consideração cuidadosa por parte dos cidadãos. Eles devem ter um amplo período de tempo para avaliar esses assuntos e participarem de um debate público que seja bem informado", disse o primeiro-ministro.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo