Topo

Carreira e finanças


Carreira e finanças

Mulheres ricas estão cada vez mais no comando, dizem gestores

Getty Images
Imagem: Getty Images

Lananh Nguyen

Da Bloomberg

2019-04-11T18:31:09

11/04/2019 18h31

Mulheres ricas significam grandes negócios para alguns dos maiores gestores de patrimônio do mundo.

As mulheres controlam cerca de US$ 14 trilhões em ativos nos Estados Unidos, o equivalente aos PIBs da China e da Índia juntos - e os consultores financeiros não estão à altura desse potencial, disse Andy Sieg, presidente da unidade de gestão de patrimônio do Bank of America Merrill Lynch. A indústria precisa aprimorar seus serviços para refletir o poder crescente de clientes do sexo feminino, disse Shelley O'Connor, co-chefe de gestão de patrimônio do Morgan Stanley.

"É muito importante que as empresas ouçam o que as mulheres querem", ao mesmo tempo em que aumentam a diversidade entre seus consultores e gestores de unidades, disse O'Connor em conferência realizada na quinta-feira em Naples, na Flórida. "O sucesso da gestão de patrimônio nos próximos anos depende em garantir que todos nos pareçamos com os clientes e comunidades que atendemos."

O nível de escolaridade das mulheres está aumentando, elas têm vivido mais do que os cônjuges e herdado dinheiro dos pais, disse Sieg em entrevista. Essas mudanças demográficas estão mais evidentes, dando às mulheres maior autoridade nas decisões financeiras, disse. Representantes do UBS Group, Raymond James & Associates, Ameriprise Financial e Charles Schwab também falaram sobre gênero e diversidade étnica para uma audiência de cerca de 250 gestores de patrimônio.

"Cada vez mais, o lado feminino de um casal é quem dá as cartas", disse Sieg, cujo negócio trouxe um recorde de 17.625 novos relacionamentos com clientes no primeiro trimestre. "Indiscutivelmente, é a tendência mais poderosa em nosso setor."