menu
Topo

Direitos da mulher


Mulheres chinesas trabalham um sexto da vida sem receber

Gilles Sabrie/The New York Times
Imagem: Gilles Sabrie/The New York Times

Bloomberg News

28/01/2019 16h01

É difícil ser mulher na China -- pelo menos se observamos como homens e mulheres passam o dia.

As mulheres chinesas gastam em média 2,1 horas por dia com tarefas domésticas, cerca de três vezes o total dos homens, segundo uma pesquisa do Departamento Nacional de Estatística realizada no ano passado e publicada na última sexta-feira (25).

A diferença é muito maior do que nos EUA, onde as mulheres também gastam mais de duas horas por dia em atividades domésticas, mas os homens americanos fazem o dobro do que os chineses.

Levando-se em conta outras tarefas domésticas -- como cuidar dos filhos, fazer compras ou pegar as crianças na escola --, as mulheres chinesas ficam empenhadas 3,8 horas por dia nesse "trabalho não remunerado", mais do que as 3,58 horas em empregos ou negócios.

Com os homens ocorre o contrário, já que trabalham 1,53 hora não paga e 5,25 horas pagas.

A diferença na média diária de horas de trabalho também reflete o fato de menos mulheres estarem empregadas em tempo integral. Essa disparidade entre gêneros não parece diminuir muito ao longo do tempo -- a diferença entre as horas de trabalho não remuneradas encolheu apenas quatro minutos em comparação com 2008, última vez em que essa pesquisa foi realizada.

No período, a produção econômica per capita dobrou, segundo o mesmo relatório.

Apesar de os regimes comunistas geralmente enfatizarem a igualdade de gênero, e décadas de reformas terem oferecido mais oportunidades às mulheres chinesas de conseguir educação e emprego, elas ainda são vistas como as principais cuidadoras e com maior frequência precisam desistir de suas carreiras para cuidar das famílias quando necessário.

No ano passado, a China ficou em 103º lugar entre 149 países no ranking do Fórum Econômico Mundial sobre igualdade de gênero.

Os homens também têm cerca de meia hora a mais de "tempo disponível" por dia para se exercitar, assistir televisão, ler revistas ou se encontrar com amigos, segundo a pesquisa.

Mas há um item de gasto de tempo mais igualitário: homens e mulheres passam 2,9 horas e 2,5 horas por dia na internet, respectivamente.