menu
Topo

Carreira e finanças

Quando mercados enlouquecem, mulheres mantêm a calma, diz estudo

Getty Images
Imagem: Getty Images

Dani Burger

03/07/2018 15h54

Se as oscilações extremas do mercado se tornaram o novo padrão de normalidade, inspire-se nas mulheres do mundo dos investimentos para manter a calma e seguir adiante.

Os homens têm quatro vezes mais probabilidades de retirar seus investimentos durante períodos de turbulência, afirma um novo estudo da Nutmeg Saving and Investment, uma assessoria-robô com sede na Europa.

Os pesquisadores se concentraram nas oscilações violentas de preço do FTSE 100 Index nos últimos seis anos, definidas como qualquer momento em que o indicador teve oscilação de mais de 1,5 vez sua volatilidade mensal normal. Eles disseram que dos 50.000 investidores no Reino Unido presentes na plataforma da Nutmeg, as mulheres frequentemente mantiveram as posições frente a eventos como o pânico da dívida grega, em 2013, e a correção do mercado, em fevereiro.

O estudo se alinha aos realizados pela Morningstar que apontaram que, em média, a abordagem das mulheres ao risco lhes dá uma vantagem no gerenciamento ativo de recursos, em particular na renda fixa.

"É bom ver que as investidoras se mantêm no caminho durante períodos de volatilidade do mercado", disse Shaun Port, diretor de investimentos da empresa com sede em Londres. "É provável que isso as coloque em uma posição financeira melhor a longo prazo."

Contudo, a maioria esmagadora, dos dois gêneros, manteve o rumo durante os eventos de volatilidade -- apenas 2,4 por cento ajustaram a tolerância ao risco ou venderam investimentos. Entre os que venderam, contudo, os homens foram de longe o maior grupo, segundo a Nutmeg.