menu
Topo

Mães e filhos

Kylie Jenner gera debate sobre a idade adequada para furar orelha de bebês

Instagram
Kylie Jenner com a filha, Stormi Imagem: Instagram

Rozina Sini

22/07/2018 17h44

Quando a modelo e estrela de reality show Kylie Jenner compartilhou um vídeo com sua filha Stormi, de 5 meses, no colo, muitos de seus seguidores notaram brincos nas orelhas da bebê.

As imagens publicadas em seu perfil no Instagram na semana passada geraram um debate sobre consentimento e a idade adequada para se fazer furos nas orelhas de uma criança.

Muitas pessoas saíram em defesa de Jenner, dizendo que fazer isso é comum em diferentes culturas. Mas algumas se disseram preocupadas com o fato de, aos 5 meses de idade, Stormi ser nova demais, enquanto outras chegaram a dizer que isso seria um caso de "agressão".

"Ideia louca: não imponham suas preferências estéticas dolorosas aos corpos de bebês que não têm voz sobre isso", publicou a usuária Vonny Leclerc no Twitter.

Outra usuária escreveu: "Não quero entrar nesse assunto sobre a bebê da Kylie, mas... quando minhas orelhas foram furadas, havia uma família no local furando a orelha de uma bebê e ela chorava tão alto :( foi muito triste, e a moça do lugar me disse que não gostava de fazer furo em bebê, mas que não podia se recusar".

Prática é comum na cultura de alguns países

As críticas à prática foram rebatidas por pessoas que compartilharam suas próprias experiências de ter as orelhas furadas quando eram bebês, inclusive destacando que, em alguns países hispânicos, africanos e em comunidades indianas, isso era corriqueiro.

"Bebês nigerianas têm suas orelhas furadas assim que saem da maternidade. Deixem Kylie viver em paz", disse a usuária Amanda Ibadin.

No Instagram, foram publicadas mensagens de apoio parecidas em reação ao vídeo de Jenner. Uma delas diz: "Mexicanos furam a orelha de suas bebês com 1 mês e meio de idade".

"Com frequência, furamos a orelha de bebês no Iraque antes de completarem seis meses. Parem de criticar tudo que as pessoas fazem", diz outro comentário.

Nos últimos dias, os brincos de Stormi se tornaram o centro de um debate global. "Não entendo por que esse assunto é tão polêmico", escreveu o usuário Jalapeño no Twitter.

"Kylie Jenner não é a primeira mãe a fazer isso. Hispânicos furam a orelha de bebês bem antes disso às vezes. Parem de dizer que ela é uma mãe ruim e sigam em frente com suas vidas."

"Meus genes indianos estão chocados por saber que mães são julgadas por furar a orelha de seus bebês. Alguém contou para vocês que também raspamos a cabeça de bebês e fazemos isso como uma grande forma de celebração?", escreveu whimsydaisy.

'Esperem até a criança poder opinar'

Mas algums argumentaram que Stormi, assim como outras crianças que tiveram suas orelhas furadas, não puderam opinar sobre o assunto.

"Se isso der início a uma conversa sobre a importância de não fazer modificações permanentes no corpo de crianças até elas terem idade suficiente para entender, então, que seja assim", diz um tuíte.

A usuária Nicole Kennedy publicou: "Como Kylie sabe se sua filha quer ter furos nas orelhas? Qual é o mal de esperar até a criança ter idade para tomar sua própria decisão?".

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!